Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/9786
Título: Polineuropatia Amiloidótica Familiar: Estudo da Eficácia de um tratamento combinado em animais transgénicos V30M/Hsf1
Autor: Martins, Helena Sofia Teixeira Rodrigues
Orientador: Maria João Saraiva Rúben Fernandes
Palavras-chave: polineuropatia amiloidótica familiar
neurodegenerativa
transtirretina
plasma
V30M
tratamento combinado
Data de Defesa: 16-Dez-2015
Resumo: A Polineuropatia amiloidótica familiar (PAF) é uma doença neurodegenerativa fatal com transmissão hereditária autossómica dominante. A substituição de uma valina por uma metionina na posição 30 (V30M) é a mutação da proteína transtirretina (TTR) é uma das principais variantes que conduz à deposição extracelular, multi-sistémica, de agregados fibrilares e não fibrilares de TTR. O transplante hepático é o tratamento comumente utilizado no tratamento da PAF, no entanto, na última década vários fármacos têm sido estudados como possíveis alternativas terapêuticas. Neste estudo propusemo-nos a avaliar a deposição de transtirretina no sistema vascular cerebral, leptomeninges e sistema gastrointestinal, assim como, a concentração de TTR no plasma em animais transgénicos para mutação humana da TTR (V30M), sem TTR endógena, deficientes para o Heat shock transcription factor 1 V30M/Hsf1, após a administração de um tratamento combinado. Para determinar a eficácia deste tratamento neste modelo animal foram utilizadas técnicas imunohistoquímicas, de imunofluorescência, western blot e imunodifusão radial. Os resultados obtidos no sistema gastrointestinal revelam que o tratamento combinado foi eficaz na disrupção e remoção de depósitos fibrilares. No cérebro (sistema vascular cerebral), os animais tratados apresentaram uma tendência para a diminuição de deposição de agregados de TTR. Foi igualmente observado que a transtirretina plasmática encontrava-se aumentada em animais tratados. Em suma, o tratamento combinado revelou ser eficaz na disrupção de fibrilas amilóides e remoção de agregados não fibrilares no sistema gastrointestinal. No sistema vascular cerebral, os animais tratados apresentaram uma tendência para a diminuição de deposição de agregados de TTR, sugerindo que tratamento combinado pode ter atuado nestes animais. O status nutricional dos animais tratados melhorou, sugerido pela elevação de TTR plasmática, comparativamente aos animais controlo.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/9786
Designação: Bioquímica em Saúde
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Tecnologia Bioquímica em Saúde

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese final_Sofia_Martins_final_entrega.pdf1,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.