Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/9419
Título: A influência da cultura no processo de expatriação: estudo exploratório com repatriados portugueses
Autor: Silva, Ema Rita Osório Barbosa da
Orientador: Martins, Dora
Palavras-chave: Expatriação
Adaptação cultural
Seleção de expatriados
Formação intercultural
Gestão internacional de Recursos Humanos
Expatriation
Cultural adjustment
Selection of expatriates
Intercultural training
International human resource management
Data de Defesa: 16-Dez-2016
Resumo: Nos dias atuais, a globalização dos mercados é um tema intensamente abordado pela literatura, dada a influência que assume na internacionalização das empresas e na necessidade de recorrer à expatriação dos colaboradores, de modo a ajudarem no crescimento dessas empresas, no mercado estrangeiro. Contudo, há que ter em conta que o destacamento internacional de colaboradores traz alterações na vida do indivíduo, tanto a nível profissional, psicológico como pessoal. Portanto, torna-se crucial a existência de formação e preparação antes e durante a missão internacional, bem como o acompanhamento da empresa-mãe, de modo a evitar um choque cultural e a auxiliar na adaptação ao país de acolhimento promovendo, assim, o sucesso da expatriação. O objetivo deste estudo consiste em analisar a perceção dos repatriados quanto ao ajustamento intercultural durante a sua missão internacional. Desta forma, além da revisão de literatura elaborada, recorreu-se a uma metodologia qualitativa, através da realização de 11 entrevistas semiestruturadas a repatriados portugueses de 3 empresas diferentes, analisadas posteriormente através da técnica de análise temática. Por último, são apresentados os resultados obtidos e as conclusões alcançadas com este estudo, sublinhando as principais contribuições quer para a teoria quer para a prática.
Nowadays, the globalization of markets is a subject really addressed in the literature, because it leads to internationalization of companies and leads to a need for the expatriation of employees in order to help the growth of these companies in foreign markets, in order to help these growth companies. However, it must be borne in mind that this type of displacement brings changes in the individual's life, both professional, psychological and personal level. Therefore, it is essential the existence of training and preparation before and during the international mission and a follow-up of the parent company, in order to avoid a cultural shock and help in adapting to the new country, promoting in that way, the success of expatriation. The purpose of this present study is to analyse the perception of expatriates and returnees as intercultural adjustment during its international mission. In addition to elaborate literature review, a qualitative methodology, by conducting eleven semi-structured interviews to Portuguese repatriated from three different companies, were used, and then analysed through thematic analysis technique. Finally, with the obtained results and the conclusions reached in this study were presented, showing the main contributions for practise and for the theories.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/9419
Designação: Mestrado em Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos
Aparece nas colecções:ESEIG - DM - Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_EmaSilva_2016.pdf1,27 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.