Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/841
Título: Análise dos padrões motores utilizados no desempenho de uma tarefa funcional, com recurso ao BioStage®, em crianças com 9 a 10 anos de idade, e seu contributo para a terapia ocupacional
Autor: Ferreira, Teresa
Orientador: Marques, António
Trigueiro, Maria João
Palavras-chave: BioStage ®
Padrões motores
Lançar
Análise de movimento
Terapia Ocupacional
Motor patterns
Throwing
Movement analysis
Occupational Therapy
Data de Defesa: 2012
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto. Instituto Politécnico do Porto
Resumo: O estudo do comportamento motor, nomeadamente as áreas do desenvolvimento e controlo motor, têm permitido fundamentar a prática da terapia ocupacional, proporcionando um entendimento mais abrangente de aspetos relacionados com a análise de movimento. Todavia, o processo de análise de atividades, por norma, é realizado de forma empírica, principalmente devido à carência de métodos que avaliem de forma objetiva e precisa o comportamento motor e, consequentemente, os movimentos realizados no desempenho de atividades. Neste sentido, este estudo pretendeu encontrar padrões motores em crianças entre os nove e os dez anos de idade, com desenvolvimento normal, que traduzam o desempenho de uma tarefa motora funcional, com recurso ao sistema de captura e parametrização do movimento em tempo real BioStage®. Por outro lado, tentou-se perceber se o sistema poderia revelar-se um contributo para a prática da terapia ocupacional, possibilitando a obtenção de dados que possam ser utilizados na clínica. As tarefas selecionadas para análise foram os cinco lançamentos propostos pelo Bruininks-Oseretsky Test of Motor Proficiency, que consistem no lançamento por baixo uni e bilateral, lançamento ao chão uni e bilateral e lançamento ao alvo (unilateral). Os resultados encontrados apontam que aos nove e dez anos existem padrões motores similares entre as crianças, no entanto ainda se nota uma ligeira variabilidade no comportamento. Aferiu-se, também, que a idade, sexo e prática de exercício físico podem influenciar os padrões utilizados, estando de acordo com a literatura. O sistema BioStage® mostrou-se uma ferramenta eficaz para a análise de movimento, providenciando informação detalhada sobre o comportamento motor das crianças, no decorrer das tarefas. Deste modo, pode ser uma mais-valia para a prática da terapia ocupacional, podendo contribuir para uma análise de atividades mais precisa, objetiva e fundamentada.
The study of motor behavior, precisely in development areas and motor control, have been able to justify the practice of occupational therapy, allowing a more embraced understanding of some aspects connected to movement analysis. However, the activities analysis process is usually achieved by an empiric approach, mainly due to the methods absence, which measure in a precise and objective way the motor behavior and, therefore, the movements produced during the activities performance. Thus, the present study aimed to find motor patterns on children between nine and ten years old, with normal development, which explain the functional motor task performance, recurring to the motion capture and parameterization of the movement system on real time BioStage®. On the other hand, was tried to understand, if the system could reveal itself to be a contribute to the occupational therapy practice, enabling data obtainment that can be used in clinic. The chosen tasks for analysis were the five throwings proposed by Bruininks-Oseretsky Test of Motor Proficiency, which consist on unilateral and bilateral underarm throwing, unilateral and bilateral throwing to the ground and unilateral throwing to the target. The results found, point out that at the ages of nine and ten years old, there are motor patterns resembling on children, though it is still noticeable a slight behavior changeability. It was estimated, as well, that factors such as age, sex and the practice of physical activity, can influence the patterns that were used, such as demonstrated in the literature. The BioStage® system has been revealed to be an efficient tool to the movement analysis, providing detailed information about the children motor behavior along the tasks. Therefore, it can be an advantage for the occupational therapy practice and may contribute for a more precise, objective and consistent activity analysis.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/841
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Terapia Ocupacional

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_TeresaFerreira_2012.pdf1,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.