Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/840
Título: O contributo da terapia ocupacional na análise dos ajustes posturais antecipatórios em crianças com 9 e 10 anos de idade, num sistema de captura de movimento - BioStage
Autor: Lima, Diana
Orientador: Marques, António
Trigueiro, Maria João
Palavras-chave: BioStage ®
Ajustes posturais antecipatórios
Padrão de movimento
Terapia Ocupacional
Anticipatory postural adjustments
Movement pattern
Occupational Therapy
Data de Defesa: 2012
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto. Instituto Politécnico do Porto
Resumo: O trabalho realizado teve como objetivo principal analisar os ajustes posturais antecipatórios que ocorrem durante o desempenho de uma tarefa motora fundamental (apanhar), em crianças entre os nove e os dez anos de idade, residentes no Porto e que apresentam um desenvolvimento normal com recurso ao sistema de captura e parametrização do movimento em tempo real BioStage ®. Como objetivo secundário pretendeu-se perceber de que forma este sistema pode ser uma ferramenta importante na prática clínica da terapia ocupacional. Para tal, realizou-se um estudo de natureza quantitativa e de carácter descritivo e recorreu-se a uma amostra de 12 crianças, utilizando o método de amostragem não probabilística por conveniência. A recolha de dados efetuou-se no sistema BioStage ® e foi pedido que realizassem quatro itens do subteste 5 do Bruininks-Oseretsky Test of Motor Proficiency (BOTMP) – receção bi e unilateral de uma bola com e sem ressalto no chão. Os resultados obtidos sugerem que as raparigas e as crianças mais novas demonstram ter menos estabilidade do tronco e pélvis ou menor capacidade de prever a trajetória da bola e que a receção unilateral foi mais difícil de efetuar pela maioria das crianças. Para concluir, refere-se que o BioStage ® mostra-se útil e é uma mais-valia, contribuindo de forma positiva para a prática da terapia ocupacional, uma vez que pode ser considerado como um complemento ao processo de avaliação pois faz uma análise detalhada, precisa e objetiva e identifica aspetos de difícil mensuração através da observação.
The work aimed to analyze the anticipatory postural adjustments that occur during the performance of a motor task (to catch) in children between nine and ten years old, living in Oporto and have a normal development, using the capture system and parameterization of the real-time movement BioStage ®. As a secondary goal we sought to understand how this system can be an important tool in clinical practice of occupational therapy. We design a descriptive quantitative study, and use a non-probability, by convenience sampling method to select twelve children. The data collection was made using the BioStage ® system, and the children was asked to perform four items of the subtest 5 from Bruininks-Oseretsky Test of Motor Proficiency (BOTMP) – bi and unilateral reception with and without a ball bounce on the floor. The results obtained suggest that girls and younger children shown to have more instability of the trunk and pelvis or lower ability to predict the trajectory of the ball, and that a unilateral reception was more difficult to perform by most children. To conclude, refers that the BioStage ® shown to be useful and is an added value, contributing positively to the practice of occupational therapy, since it can be considered as a complement to the evaluation process as it makes a detailed, accurate and objective analysis and identifies aspects of difficult measurement through observation.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/840
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Terapia Ocupacional

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_DianaLima_2012.pdf1,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.