Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/773
Título: Estudo descritivo da unidade de cuidados intensivos e intermédios respiratórios do Hospital Clínico - Barcelona
Autor: Gomes, Marta
Orientador: Ferrer, Miguel
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: Este estudo tem como objectivo descrever a Unidade de cuidados intensivos e intermédios respiratórios do Hospital Clínico em Barcelona de forma a caracterizá-la tanto ao nível de recursos materiais e humanos como em termos de protocolos usados. Esta unidade é considerada uma das melhores da Europa, dispondo da mais alta tecnologia, desenvolvendo protocolos baseados na evidência de forma a reduzir ao máximo a taxa de mortalidade neste local. O staff médico sempre em constante actualização, trabalhando muito no campo da investigação. Por outro lado, a fisioterapia integrante no Instituto Clínico do Tórax realiza menos investigação investindo mais no tratamento de doentes não intubados, tendo como técnicas de eleição posicionamento, mobilização, expiração forçada e hidratação oral. Em relação à VNI, muitos dos estudos referentes a este tema foram realizados pelo staff médico deste Hospital. O staff de fisioterapia é responsável pela adaptação da VNI nos pacientes hipercápnicos. Em conclusão, o número e tempo limitado de fisioterapeutas na unidade não contribuem para a aplicação de novas técnicas que requerem a intervenção de dois fisioterapeutas. Palavras-chave: unidade de cuidados intensivos respiratórios, unidade de cuidados intermédios respiratórios, VNI, papel dos fisioterapeutas respiratórios.
This study aims to describe the Intensive Care Unit and Intermediate Respiratory Unit from the Hospital Clinic in Barcelona in order to characterize it in terms of both material and human resources as well as in terms of protocols used. This unit is considered one of the best in Europe, featuring the latest technology and developing protocols based on the evidence so as to reduce the mortality rate in this location. The medical staff is being constantly updated and researching. On the other hand, physiotherapists who integrate the Clinic Institute of Chest do less research and invest more in treatment of nonintubated patients, choosing techniques such as positioning, mobilization, forced expiration and oral hydration. Regarding noninvasive ventilation protocols, many studies were performed by the medical staff of this Hospital. The physiotherapy staff is responsible for the adaptation of NIV in hipercapnic patients. In conclusion, the limited number and duration of physiotherapists in the unit do not contribute to the implementation of new techniques that require the intervention of two physiotherapists. Key-words: respiratory intensive care unit, respiratory intermediate care unit, NIV, the role of respiratory physiotherapists.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/773
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_MartaGomes_2010.pdf473,42 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.