Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/752
Título: Capacidade de modificar parâmetros espaço-temporais do ciclo da marcha após modificação de componentes intrínsecas ao membro inferior em indivíduos com sequelas de acidente vascular encefálico - intervenção na reeducação da marcha em treadmill
Autor: Cunha, Mariana
Orientador: Silva, Cláudia C.
Palavras-chave: Parâmetros da marcha
Treadmill
Reeducação da marcha
AVE
Gait parameters
Treadmill
Gait training
Stroke
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: Objectivo: A realização deste estudo tem como objectivo identificar a capacidade de modificação dos parâmetros do ciclo da marcha após intervenção a nível dos componentes do membro inferior e uma abordagem na reeducação da marcha no tapete rolante (treadmill). Métodos: Este estudo é um estudo de série de casos, constituído por três indivíduos com sequelas de Acidente Vascular Encefálico (AVE), com comprometimento a nível do membro inferior, capazes de realizar marcha. Os instrumentos de avaliação foram o teste de marcha de 10 metros (10-M), o teste de marcha de 6 minutos (6-Min) e o Time Up and Go (TUG). Os indivíduos receberam intervenção da fisioterapia baseada no conceito de Bobath e na reeducação de marcha no treadmill. Resultados: Após a intervenção verificou-se um aumento da velocidade e cadência da marcha, assim como uma maior tolerância e resistência na capacidade da sua realização. Conclusão: A intervenção realizada a nível dos componentes do membro inferior e na reeducação da marcha utilizando o treadmill permitiu modificar alguns parâmetros espaço-temporais do ciclo da marcha, aumentando a velocidade e cadência da marcha. A utilização conjunta de diferentes abordagens na intervenção ao indivíduo com sequelas de AVE deve ser sempre considerada uma vez que pode trazer benefícios na sua independência e qualidade de vida.
Purpose: The purpose of this study was to identify the ability of modifying the gait cycle parameters after a period of physiotherapy based on lower limb component’s change and treadmill walking training. Methods: This study is a case series comprising three patients with stroke and lower limb impairment, able to walk. Outcome measures were 10-meter and 6- minute Walking Tests and Time Up and Go. Subjects had physiotherapy based on the Bobath concept and treadmill walking training. Results: After treatment, all patients increased gait speed and cadence as well as greater tolerance and resistance in walking ability. Conclusions: An approach based on lower limb component’s change and treadmill walking training resulted in changes on spatiotemporal gait parameters, such as an increased of gait speed and cadence. We should consider a combining of different approaches in people with stroke, so that can reflect benefits in their independence and quality of life.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/752
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_MarianaCunha_2010.pdf348,97 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.