Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/733
Título: A influência do contexto familiar no aparecimento de dor espinal em crianças do concelho da Maia
Autor: Lucas, Cátia
Orientador: Silva, Rui Garganta
Palavras-chave: Dor espinal
Factores de risco
Mecanismos da aprendizagem
Crianças em idade escolar
Prevalência
Spinal pain
Risk factors
Operating learning mechanisms
School age children
Prevalence
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: A dor espinal em crianças e jovens constitui um problema cujas dimensões e prevalência tem vindo aumentar nas últimas décadas. Esta problemática parece ser tanto mais significativa se for tido em consideração que os episódios de dor espinal na idade escolar se perpetuam e estão relacionados com os que acontecem na idade adulta. Desta forma, os investigadores alertam para a necessidade de identificar potenciais factores de risco para o desenvolvimento de dor espinal em crianças e jovens de idade escolar. Assim, o presente estudo pretende identificar qual a importância assumida pelo contexto familiar na presença de queixas dolorosas espinais nas crianças em idade escolar do concelho da Maia. A amostra é constituída pelos pais de 1017 crianças do 1º ciclo do Ensino Básico do Concelho da Maia que foram avaliadas relativamente à postura, numa fase anterior do estudo. Desta população constituiu amostra 636 pais que concordaram participar no estudo, tendo obtido resposta de 226, obtendo uma percentagem de adesão de 35,5%. Para a obtenção dos dados qualitativos foi utilizado um método de amostragem estratégica de forma a seleccionar dez pais representativos de todas as categorias possíveis (pais com e sem dor e filhos com e sem dor). Esta amostra foi seleccionada tendo em conta os dados obtidos no questionário Parental Pain e Questionário de Bournemouth, sendo, posteriormente aplicado uma entrevista não estruturada. Os principais resultados obtidos permitiram concluir que o contexto tem uma influência determinante na criança com dor. De acordo com os dados extraídos das entrevistas, os comportamentos de manifestação de dor por parte das crianças podem ser um reflexo de comportamentos apreendidos através da observação do comportamento dos adultos e, consequentemente mimetizados, opinião esta igualmente expressa por alguns dos pais. Mas nem sempre os pais apontam a mimetização como causa para a dor referida pelos filhos, referindo igualmente o transporte da mochila, as posturas assumidas no dia-a-dia, o mobiliário escolar e as actividades de lazer realizadas pelas crianças.
The spinal pain in children and youngsters is a problem whose dimensions and prevalence have been increasing in the last decades. This issue seems to be more significant if we consider that spinal pain episodes in school age perpetuate and are related to the ones that occur in adult age. Therefore, the investigators are alerting to the need of identifying potential risk factors to the development of spinal pain in school age children and youngsters. Thus, the current study aims at identifying which importance is assumed by the familiar context upon the presence of painful spine complaints in school age children, living in the Council of Maia. The universe is set up by the parents of 1017 children from the 1st cycle of Basic Education in the Council of Maia, who have been evaluated in what concerns posture, in a former phase of the study. From this universe, were made sample 636 parents who have agreed to take part in the study, having answers been obtained from 226 of them, the percentage of adhesion being 35.5%. To obtain the qualitative figures the method used was the one of strategic sampling, as to select 10 representative parents of all the categories possible (parents with and without pain and children with and without pain). This sample was selected bearing in mind the obtained figures in the questionnaire Parental Pain e Questionnaire de Bournemouth, having later been applied a non-structured interview. The main results obtained led to the conclusion that the context has a determinant influence in the child with pain. According to the data obtained from the interviews, the children’s behaviors which are signs of pain, may have a reflex of learned behaviors through the observation of adults’ behavior, and consequently, imitated. This is also the opinion expressed by some of the parents. However, the parents don’t always consider the imitation as the cause of the pain mentioned by the children, they also refer the carrying of the backpack, the postures taken daily, the school furniture and the leisure activities in which children take part.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/733
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Terapia Ocupacional

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_CatiaLucas_2010.pdf261,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.