Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/730
Título: O impacto do uso da tala nocturna na funcionalidade do indivíduo com síndrome do túnel carpiano
Autor: Oliveira, Carla
Orientador: Santos, Rubim
Palavras-chave: Síndrome do Túnel Carpiano
Tala nocturna
Funcionalidade
Carpal Tunnel Syndrome
Night splint
Functionality
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: A síndrome do túnel carpiano (STC) é considerada a neuropatia compressiva mais comum na população. É causada pela compressão directa sobre o nervo mediano no interior do túnel carpiano, que origina parestesias, dor na mão e disfunção muscular. Como consequência destes sintomas, os indivíduos vêem comprometida a sua funcionalidade ao nível das ocupações e, por consequência, alterado o seu desempenho ocupacional. Este trabalho tem como objectivo principal verificar de que forma a utilização da tala nocturna influencia a funcionalidade do indivíduo com STC. Concomitantemente pretende-se definir em que medida alterações das forças de preensão palmar e de pinças se relaciona com o uso da tala. Por último, identificar quais as variáveis sócio - demográficas e as que caracterizam a patologia que estão relacionadas com o problema em estudo e aos valores obtidos com as escalas do Boston Carpal Tunnel Questionnaire (BQTC), nos indivíduos dos grupos controlo e experimental. A amostra é constituída por 22 indivíduos no grupo controlo e 24 no grupo experimental, com diagnóstico de STC ligeiro e moderado. Foram aplicados o BCTQ, o dinamómetro e o pinch meter de Jamar. Os resultados deste estudo mostram uma diminuição significativa da sintomatologia da STC, após a aplicação da tala, nos momentos de reavaliação e follow up, (p=0,000 e p=0,004), assim como um aumento significativo da funcionalidade nos dois momentos (p=0,000 e p=0,004). Deste estudo conclui-se que a utilização da tala nocturna beneficia os indivíduos com STC ligeiro e moderado.
The carpal tunnel syndrome (CTS) is considered the most common compressive neuropathy in the population. It is caused by direct compression on the median nerve within carpal tunnel, which causes tingling, hand pain and muscular dysfunction. As a result of these symptoms, individuals have their functionality compromised in terms of occupations and, consequently, changed their occupational performance. This work main objective is to verify how the use of night splint influences the functioning of the individual with CTS. Simultaneously we intend to define the extent to which changes in strength of hand grip and clamps it relates to the use of the splint. Finally, identify which socio - demographic variables and those that characterize the pathology are related to the problem under study and that obtained with the scales of the Boston Carpal Tunnel Questionnaire (BQTC), in individuals of the control and experimental groups. The sample consists of 22 individuals in the control group and 24 in the experimental group with a diagnosis of mild and moderate CTS. BCTQ, the dynamometer, and Jamar pinch meter were applied. The results of this study show a significant decrease in symptoms of CTS, after applying the splint, in reassessment moments and follow up (p=0.000 and p=0.004), as well as a significant increase in functionality on both times (p=0.000 p=0.004). Our conclusion is that the use of night splint benefits individuals with mild and moderate CTS.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/730
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Terapia Ocupacional

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_CarlaOliveira_2010.pdf970,71 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.