Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/727
Título: Identificação das categorias mais relevantes da classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde para os terapeutas ocupacionais que exercem funções em unidades de cuidados continuados integrados
Autor: Saraiva, Ana
Orientador: Faias, Joaquim
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: As constantes alterações das realidades sociais e epidemiológicas em associação ao envelhecimento populacional conduziram a insuficiências dos Sistemas Social e de Saúde que requerem uma reestruturação ao nível da adequação dos cuidados de saúde a prestar, pelo que, em resposta a esta necessidade foi criada a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados. O presente estudo, de natureza qualitativa e carácter exploratório, tem como objectivo compreender a percepção dos Terapeutas Ocupacionais que trabalham em Unidades de Cuidados Continuados Integrados relativamente às categorias que considerem mais relevantes da Classificação Internacional da Funcionalidade, Incapacidade e Saúde, tendo sido aplicada uma entrevista a 8 profissionais a exercer funções em Unidades da Zona Norte, resultante de um processo de amostragem não probabilística e de conveniência. Como método de recolha de dados foi aplicada uma entrevista semi-estruturada, cujo guião foi construído após revisão bibliográfica, tendo por base as categorias definidas pelo modelo da Classificação Internacional da Funcionalidade, Incapacidade e Saúde e, posteriormente, analisado por um painel de peritos, tendo-se procedido à realização de uma entrevista piloto a um elemento, sem que esta contasse para a análise. A partir da análise das entrevistas realizadas procedemos à identificação das unidades de significado, tendo os conceitos sido ligados às categorias da Classificação que o representam de uma forma mais adequada, de acordo com as linking rules, tendo sido identificadas as categorias mais relevantes para os Terapeutas Ocupacionais a exercer funções em Unidades de Cuidados Continuados Integrados. Com a realização deste estudo, que pretende ser um primeiro passo para a criação de um futuro Core Set em Cuidados Continuados, foi-nos possível verificar que o maior número de categorias foram observadas no componente Actividades e Participação, tendo sido contabilizadas 70 (40,7%). Por outro lado, o componente Estruturas do corpo é o que integra menor número, contando com 19 categorias (11,05%). Assim, pensamos que a criação de um Core Set em Cuidados Continuados poderá beneficiar e facilitar a comunicação entre os profissionais destas equipas. No entanto, é importante ressalvar que a terminologia desta Classificação deverá ser utilizada de uma forma concertada com a linguagem específica da Terapia Ocupacional. Palavras-chave: Classificação Internacional da Funcionalidade, Incapacidade e Saúde, Core Set, Terapeutas Ocupacionais, Unidades de Cuidados Continuados Integrados.
The constant changes in the epidemiological and social realities associated to the aging of population have led to shortages of Health and Social Systems. This demands a restructuring of adequacy of health care to be provided so that, in response to this need, it was established the National Network for Integrated Continuing Care Integrated. This study of qualitative and exploratory design, aims to understand the perceptions of Occupational Therapists working at Integrated Continuing Care Units, regarding the most relevant categories of the International Classification of Functioning, Disability and Health in Continuous Care. A semi-structured interview was applied to 8 professionals working in Units of the North Zone. A non-probability convenience sampling was used to select the professionals was made from. A semi- structured interview, whose screenplay was constructed after a literature review, was used to collect data. The screenplay was based on the defined International Classification Functioning, Disability and Health categories and later reviewed by a panel of experts. A pilot interview was carried out, but it didn’t count for analysis. From the analysis of the interviews, we identified units of meaning and the concepts were related to the International Classification Functioning, Disability and Health categories which represented them in a more proper form according to the linking rules. The most relevant categories to Occupational Therapists working in Continuous Care Units have been identified. In this study, which aims to be a first step towards future establishment of a Core Set of Continuing Care, we were able find that the largest number of categories were observed in the component Activities and Participation, 70 (40.7%). On the other hand, the component Structures of the Body is the one integrating smaller number of categories, 19 (11.05%). We therefore believe that the creation of a Core Set in Continuing Care can benefit and facilitate communication between these professional teams. However, it is important to note that the terminology of the Classification International Classification Functioning, Disability and Health shall be used associated with the specific language of Occupational Therapy. Keywords: International Classification of Functioning, Disability and Health, Core Set, Occupational Therapists, Units of Integrated Continuing Care.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/727
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Terapia Ocupacional

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AnaSaraiva_2010.pdf1,69 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.