Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/7170
Título: Elétrodo de pasta de carbono molecularmente impresso para deteção voltamétrica de Furazolidona
Autor: Pereira, Vítor Daniel da Costa
Orientador: Delerue-Matos, Cristina
Pacheco, João
Palavras-chave: Furazolidona
Polímero molecularmente impresso
Sensor eletroquímico
Pasta de carbono
Voltametria
Molecular imprinted polymer
Furazolidone
Electrochemical sensor
Carbon paste eletrode
Voltammetry
Data de Defesa: Out-2013
Resumo: A furazolidona é uma substância ativa do medicamento Giarlam que contém um espetro anti-bacteriano relativamente amplo e que é frequentemente usado para tratar certas doenças bacterianas e protozoárias no homem. A maioria dos fármacos exige uma dosagem que garanta os níveis de segurança e eficácia de atuação. A necessidade de dosear os medicamentos e os seus metabólitos exige o desenvolvimento constante de métodos analíticos eficientes. Neste trabalho desenvolveu-se um novo sensor eletroquímico para a deteção da furazolidona, baseado num elétrodo de pasta de carbono modificado com um polímero molecularmente impresso. A procura de novos materiais que permitam uma melhor seletividade e sensibilidade aos sistemas de deteção é especialmente importante no desenvolvimento de métodos analíticos. Os polímeros molecularmente impressos enquadram-se nesse perfil e o seu uso tem vindo a ser cada vez mais frequente como ferramenta importante em química analítica. Assim, sintetizou-se um polímero com cavidades seletivas para a Furazolidona. Este polímero foi, misturado com grafite e perafina de modo a produzir uma pasta de carbono. Uma seringa de plástico foi usada como suporte da pasta de carbono. O comportamento eletroquímico do sensor foi avaliado e diversas condições de utilização foram estudadas e otimizadas. O sensor apresenta um comportamento linear entre a intensidade do pico e a concentração numa gama de concentrações entre 1 e 100 μM, um limite de deteção de 1 μM e uma precisão (repetibilidade) inferior a 7%. A aplicabilidade do sensor fabricado em amostras complexas foi avaliada pela deteção do fármaco em amostras de urina.
Furazolidone is a drug with a antibacterial spectrum relatively wide which is often used for treating certain bacterial infections and protozoal infections in human. Most drugs require a dosage levels to ensure safety and effectiveness of action. The need to dispense the drugs and their metabolites requires the constant development of efficient analytical methods. In this work, a novel electrochemical sensor for furazolidone detection was developed, by using molecular imprinted a carbon paste electrode. The development of new analytical methods requires the search of strategies for improving both the sensitivity and selectivity. The molecular imprinting technology fits that requirement, and is more often used as an important tool in analytical chemistry. A polymer white imprinted cavities for connection with furazolidone molecules was prepared. The polymer was mixed with graphite and paraffin in order to produce a carbon paste, which was place in a plastic syringe with a copper wire used for connection with the electrochemical equipment. Several experimental conditions have been studied and optimized, such as the electrochemical behavior, the incubation and the extraction conditions. The fabricated sensor shows a linear behavior between the peak intensity and the concentration of furazolidone from 1 to 100 μM, a limit of detection of 1 μM, and a precision (evaluated by standard deviations) less than 7%. The sensor was successfully used in the detection of the drug in complex samples, such as urine.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/7170
Designação: Mestrado em Engenharia de Computação e Instrumentação Médica
Aparece nas colecções:ISEP - DM - Computação e Instrumentação Médica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_VitorPereira_2013_MEEC.pdf2,62 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.