Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/712
Título: A capacidade de activação do tronco inferior em diplegias pré-termo
Autor: Picamilho, Susana
Orientador: Moreira, Ana
Palavras-chave: Diplegia
Pré termo
Tronco inferior
Ajustes posturais
Preterm
Lower trunk
Postural adjustments
Data de Defesa: 2010
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: O objectivo deste estudo foi estudar o comportamento do tronco inferior antes e após um período de 4 meses de intervenção. Para isso avaliaram-se os ajustes posturais antecipatórios durante um movimento voluntário, realizado na posição de pé, recorreu-se à electromiografia para avaliar a actividade muscular da musculatura focal e postural e plataforma de forças para estimar a migração do CP. A amostra foi constituída por duas crianças de 6 e 8 anos, com o mesmo quadro motor, diplegia. Ambas são pré termo de 31 e 32 semanas de gestação e com lesão por LPV. Verificou-se que ambos activaram os paravertebrais, antes do deltóide anterior, no período antecipatório, mas não os abdominais. O CP deslocou-se posteriormente. Após intervenção os tempos de activação dos abdominais e o deslocamento do CP eram mais curtos. Foi demonstrado que melhorou a capacidade de activação da musculatura ventral após o período de intervenção.
The purpose of this report was to study the behavior of the lower trunk muscles before and after a period of four months of intervention. For that evaluated the postural adjustments during a voluntary movement performed in a standing position, resorted to electromyography to assess muscle activity of postural and focal muscles and force platform to estimate the migration of CP. The sample consisted of two children aged 6 and 8 years, with diplegia. Both are preterm, 31 and 32 weeks of gestation and with PVL injury. It was found that in both the erector spinae demonstrated early activation in advance of the anterior deltoid muscle, during the anticipatory period, but not the lower rectus abdominis. The CP moved later. After intervention, the timing of muscle activity of lower rectus abdominis and displacement of the CP were shorter. These findings suggest that the ability to activate the ventral muscles was improved after the intervention period.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/712
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_SusanaPicamilho_2010.pdf12,72 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.