Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/7092
Título: Empreendedorismo social e desenvolvimento regional
Autor: Santos, José de Freitas
Bernardino, Susana
Palavras-chave: Bolsa de valores sociais
Contexto externo
Desenvolvimento regional
Organizações não‐governamentais de cooperação
Empreendedorismo social
Social stock exchange
Non‐Governmental organizations of cooperation
External environment
Social entrepreneurship
Regional development
Data: 2014
Citação: Santos, José de Freitas. EMPREENDEDORISMO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO REGIONAL, 20th APDR Congress, 1, 92-107, 2014.
Resumo: O propósito desta comunicação é compreender a relação entre a favorabilidade do contexto externo e o empreendedorismo social em Portugal. A investigação adota uma metodologia quantitativa. Os dados primários foram recolhidos através de um inquérito por questionário, on‐line, enviado aos responsáveis que estiveram na base da constituição das Organizações Não‐Governamentais de Cooperação para o Desenvolvimento existentes em Portugal, bem como aos responsáveis pelos projetos, que à data do inquérito, se encontravam cotados na Bolsa de Valores Sociais. No teste das hipóteses de investigação foram utilizadas técnicas de análise descritiva, técnicas de redução de dados (análise fatorial por componentes principais), e o teste t‐student. Os resultados revelaram que um contexto externo favorável tem uma importância baixa na decisão de formação de uma organização social. Os resultados obtidos encontram suporte para o facto de muitas iniciativas de empreendedorismo social tenderem a localizar as suas atividades em ambientes desfavoráveis, o que confirma o papel do empreendedorismo social na atenuação das assimetrias sociais e económicas entre as regiões do território nacional.
The purpose of this paper is to understand the link between external environment and social entrepreneurship in Portugal. A quantitative approach is used in the study, and primary data were collected through an online survey. A questionnaire was emailed to both responsible of Portuguese Non‐ Governmental organizations of development and cooperation, and responsible of projects valued on the social stock exchange. In the analysis of the data were used descriptive statistics, factorial analysis and t‐ student tests to validate (or not) the research hypothesis. The results show that a favorable external environment has a low importance in the decision to create a social organization. This conclusion supports the idea that many social initiatives tend to locate on unfavorable environments and, then, to attenuate the social and economic differences between Portuguese regions. 
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/7092
ISSN: 978-989-8780-01-0
Aparece nas colecções:ISCAP - Gestão - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artigo APDR 2014 SB&S.pdf409,23 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.