Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/706
Título: Avaliação da qualidade química e microbiológica de tintas didácticas do ensino pré-escolar
Autor: Rebelo, A.
Orientador: Silva, Manuela Vieira
Palavras-chave: Crianças
Tintas
Actividades didácticas
Qualidade química
Qualidade microbiológica
Children
Paints
Educational activities
Chemical quality
Microbiological quality
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: As tintas utilizadas nas actividades didácticas possuem na sua composição ingredientes que dada a sua natureza, modo de fabrico e de utilização, podem representar um risco para a saúde das crianças. Neste âmbito, procurou-se com este estudo avaliar a qualidade química e microbiológica das tintas utilizadas pelas crianças no ensino pré-escolar. Vinte e nove amostras de tintas, incluindo guaches, tintas de águas, digitintas e tintas para pinturas faciais foram recolhidas em oito estabelecimentos de ensino, nomeadamente, Jardins de Infância, do conselho de Vila Nova de Gaia. A avaliação microbiológica envolveu não só a determinação da concentração microbiana presente nas amostras, como também, a avaliação da estabilidade microbiana nas tintas das espécies S.aureus e E.coli. Na avaliação química procedeu-se à determinação da concentração dos metais chumbo (Pb), cádmio (Cd), crómio (Cr), cobalto (Co), níquel (Nq), manganês (Mn), cobre (Cu) e zinco (Zn) quer em algumas das amostras recolhidas nos estabelecimentos de ensino, quer em tintas adquiridas em três estabelecimentos comerciais. Os resultados obtidos da avaliação microbiológica revelam uma contaminação estática na generalidade das tintas. Três amostras de tintas apresentaram ainda elevada contaminação por fungos, nomeadamente Aspergillus spp. e Trichophyton spp. Da avaliação da estabilidade microbiana das espécies S.aureus e E.coli observou-se uma sensibilidade das mesmas às tintas, sendo evidenciado, em alguns casos, um decrescimento da concentração ao longo do tempo de exposição, e noutros, uma sensibilidade imediata. A espécie S.aureus revelou, contudo, maior capacidade de resistência que a E.coli. Os resultados obtidos da avaliação química revelaram a presença de Cr em todas as amostras, registando as tintas adquiridas em estabelecimentos comerciais concentrações mais elevadas para este metal. Os metais Cu e Zn foram detectados, em algumas amostras de tintas artísticas, em concentrações acima dos valores limites. Nas tintas para a cara foram encontrados os metais Pb, Cd, Cr e Nq, cuja utilização é interdita nestes produtos. O conhecimento das características químicas e microbiológicas das tintas utilizadas por crianças do ensino pré-escolar revelou-se de grande importância, nomeadamente, para a determinação dos riscos a que este grupo de indivíduos pode estar exposto no seu dia-a-dia quando utilizam estes produtos.
Playing plaints used in educational activities have in their composition several ingredients that given its nature, mode of manufacture and way of use may represent a risk for children health. In this context, the purpose of this study was to evaluate the microbiological and chemical composition of the paints used by children in pre-school. Twenty-nine samples of paints, including gouaches, water paints, finger-paints and face paints were collected from eight schools, of Vila Nova de Gaia. In microbiological evaluation make part not only the determination of microbial concentration, but also assessing of microbial stability of S.aureus and E.coli in these paints. The chemical assessment involved the determination of metals concentration, in particularly, lead (Pb), cadmium (Cd), chromium (Cr), cobalt (Co), nickel (Nq), manganese (Mn), copper (Cu) and zinc (Zn), in some samples collected in schools and in paints purchased in stores. The results of microbiological assessment reveal a static contamination in most of the samples. Three samples of paints had also high contamination by fungi, including Aspergillus spp. and Trichophyton spp. Assessing the microbial stability of the species S.aureus and E.coli showed a sensitivity to the paints, with a decrease of concentration over the exposure time, in some cases, and an immediate sensitivity, in others. However, S.aureus revealed higher resistance than E.coli. The results of chemical evaluation revealed the presence of Cr in all samples, with the paints purchased in stores presenting higher concentrations of this metal. Cu and Zn where detected, in some samples of artistic paints, above the limits. In the face paints were found lead, cadmium, chromium and nickel, whose use is forbidden in these products. The chemical and microbiological knowledge of paints used by children proved to be very important in the risk assessment that this group of individuals are daily exposed when contact with this paints.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/706
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Ambiente, higiene e segurança em meio escolar

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AndreiaRebelo_2011.pdf6,36 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.