Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/692
Título: Avaliação isocinética da força muscular dos isquiotibiais e quadricípite em atletas da equipa nacional portuguesa de taekwondo
Autor: Vieira, Tiago
Orientador: Torres, Rui
Palavras-chave: Joelho
Desequilíbrios musculares
Peak torque
Diferenças bilaterais
Taekwondista
Isocinético
Knee
Muscle imbalance
Peak torque
Bilateral differences
Taekwondo player
Isokinetic
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: Objectivos: Avaliar a força muscular bilateralmente ao nível dos músculos quadricípite e isquiotibiais em atletas da equipa nacional Portuguesa de Taekwondo. Amostra: Foi constituída por 6 dos 10 elementos que constituem a população de Taekwondistas do sexo masculino inscritos na Federação Portuguesa de Taekwondo, com presença regular nas selecções nacionais todos com um mínimo de 6 anos de prática. Os atletas apresentaram uma idade média 17,5 (+ 1,9) anos, com uma altura de 181,2 (+ 2,8) cm e com uma massa corporal total de 74,1 (+ 11,6) kg Metodologia: Procedeu-se à avaliação da força muscular dos participantes ao nível da musculatura flexora e extensora do joelho, no dinamómetro Biodex System 4, a uma velocidade de execução de 60º/s (4 repetições) e de 180º/s (10 repetições) com 60 segundos de intervalo, numa amplitude de movimento compreendida entre os 90 e os 0 graus. Todos os dados foram tratados no programa SPSS, versão 18.0, com um nível de significância de 0,05. Resultados: Verificou-se a existência de diferenças estatísticas significativas na análise do Peak Torque (p=0,023) aos 180º/seg para os flexores do joelho e do Peak Torque 30º (p=0,023) aos 180º/seg na acção dos extensores e flexores (p=0,037) do joelho, entre o membro dominante e não dominante. Constatou-se ainda a existência de um rácio Isquiotibiais/Quadricípite (55%) dentro dos valores normais do equilíbrio muscular do joelho. Discussão/Conclusão: Concluiu-se que foram encontradas diferenças nos níveis de força obtidos entre o membro dominante e não dominante, no entanto não foram encontrados desequilíbrios musculares clinicamente significativos. Assim como na relação Isquiotibiais/Quadricípite do próprio membro, não apontando por isso risco de lesão articular do joelho.
Aim: The main objective of this study was to describe and compare the muscular force production of quadriceps femoralis and hamstring muscles bilaterally, in athletes of the national Portuguese team of Taekwondo. Subjects: It was selected six of ten male Taekwondo athletes signed in the Portuguese Taekwondo Federation with regular presence in the national team with at least six years of practice. The athletes had presented an average age 17,5 (+ 1,9) years, with a height of 181,2 (+ 2,8) cm and with a total corporal mass of 74,1 (+ 11,6) kg. Methods: It was proceeded an evaluation of the muscular force production of the of flexors and extensors muscles of the knee of each participant using an isokinetic dynamometer Biodex System 4, to a speed of execution of 60 °/s (4 repetitions) and 180 °/s (10 repetitions) with a 60 seconds rest period in a range of motion understood between 90 and 0 degrees. All data had been treated according to SPSS programme, version 18.0, with a level of significance of 0.05. Results: Meaningful differences were checked in the analysis of the Peak Torque (p=0,023) to 180º/sec for the flexors of the knee muscles and the Peak Torque 30º (p=0,023) to 180º/sec in the share of the extensores and flexors (p=0,037) knee muscles, between the dominant and not dominant member. The existence of a ratio hamstrings/quadriceps (55%) inside of the normal values of the muscular balance of the knee was still evidenced. Discussion/Conclusion: It was found differences in the levels of muscular force production between the dominant and non-dominant lower limb, however, had not been found any clinically significant muscle impairment. As well as in the Hamstrings/Quadriceps Femoralis relation of the proper member, excluding the risk of articular lesion of the knee
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/692
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_TiagoVieira_2011.pdf957,39 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.