Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/687
Título: Reorganização do controlo postural em indivíduos com AVE. Intervenção em fisioterapia
Autor: Fonseca, Ana Patricia
Orientador: Silva, Augusta
Silva, Cláudia
Palavras-chave: AVE
Intervenção
Conceito de Bobath
Controlo postural do tronco
Independência funcional
Stroke
Physical therapy
Bobath concept
Postural control
Funtional independence
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: Objectivos: Identificar as alterações no controlo postural do tronco e repercussões na independência funcional de indivíduos com acidente vascular encefálico (AVE), bem como averiguar se ocorreram mudanças a esse nível após a intervenção, baseada na abordagem segundo o Conceito de Bobath. Metodologia: Foram seleccionados para este estudo dois indivíduos com alterações no controlo postural, resultantes de um AVE, em fase aguda. A avaliação foi realizada em dois momentos (M0 e M1), antes e após quatro semanas da realização da intervenção através da análise do movimento, da aplicação da Escala de Avaliação Postural para Pacientes com Sequelas de AVE (PASS), da Escala de Equilíbrio de Berg (EEB), da Escala Modificada de Barthel (BEM), do Teste Timed Up & Go (TUG) e da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). Resultados: Os scores obtidos em M1 nos vários instrumentos aplicados, bem como a análise de movimento traduzem a evolução favorável no controlo postural do tronco e na independência nas actividades da vida diária (AVD), observada em ambos os casos clínicos. Verificou-se uma evolução mais evidente na EMB e EEB onde o indivíduo A evoluiu na EMB de 51 em M0 para 94 pontos em M1e o indivíduo B de 51 para 89 pontos. Na EEB o indivíduo A progrediu de 22 para 41 pontos e o indivíduo B de 10 para 36 pontos. Conclusão: Os participantes em estudo evidenciaram modificações no controlo postural com repercussões positivas na independência funcional, após a intervenção com base numa abordagem segundo o conceito de Bobath.
Purpose: The objective of this study is to identify changes in postural control and its consequences in functional independence in patients after stroke. In addition the pupose is to verify if changes in postural control occur after physical therapy, based in Bobath Concept. Methods: Two patients were studied after a stroke, in acute phase, that caused changes in postural control. They were assessed at two different moments (M0 and M1), before and after four weeks of intervention through the motion analysis and aplication of Postural Assessment Scale for Stroke Patients(PASS), Berg Balance Scale (BBS), Modified Barthel Index (MBI), Timed Up & Go Test (TUG) and International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF). Results: Both patients showed great improvement in postural control and in basic ADL scores along the two moments in assessment. The best indicators of postural control recovery were achieved through the MBI and BBS. The patient A reached 51 points on MBI and 22 points on BBS at M0, the patient B reached 51 points on MBI and 10 on BBS at M0. However at M1 these scores reached an evolution in patient A to 94 points on BBS and 41 on EEB. In patient B the scores were 89 on MBI and 36 points on BBS. Conclusions: The findings of this study demonstrate that the physical therapy, based in Bobath Concept, induce positive changes in postural control, producing gaines in functional independence.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/687
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AnaFonseca_2011.pdf1,45 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.