Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6853
Título: Relações entre o tipo de respiração, as funções executivas e o comportamento numa amostra de crianças do ensino básico
Autor: Rodrigues, André Miguel Castro
Orientador: Santos, Miguel Augusto Meneses da Silva
Palavras-chave: respiração nasal; respiração oral; comportamento; funções executivas
nasal breathing; mouth breathing; behavior; executive functions
Data de Defesa: 2014
Resumo: Envolvido na necessidade emergente de associar a Saúde à Educação e da importância e proeminência que a literatura tem manifestado sobre a respiração e as suas implicações na aprendizagem, este estudo pretende explorar e identificar as principais características anátomo-fisiológicas de alunos com RN e RO, apresentar as alterações do comportamento em alunos com RN e alunos com RO, expôr as modificações das funções executivas em alunos com RN e alunos com RO e a relação entre as funções executivas e o comportamento em alunos com RN e alunos com RO. Foram avaliados 169 alunos do 2º ciclo de escolaridade da Escola Eb2/3 de São João da Madeira na respiração, no comportamento e funções executivas – com recurso à adaptação da Avaliação Miofuncional Orofacial – MBGR, do Questionário de Autoavaliação para Jovens (Youth Self Report) e do Inventário de Classificação Comportamental de Funções Executivas – ICCFE-C/A (versão para crianças/adolescentes). Usou-se a avaliação miofuncional orofacial para se obter a caraterização do modo respiratório e das alterações miofuncionais na amostra; e o questionário de autoavaliação comportamental e o inventário de classificação comportamental de funções executivas para verificar a existência de relação entre o desempenho comportamental e funções executivas com o modo respiratório. Os alunos com modo respiratório predominantemente oral apresentam maior incidência de alterações miofuncionais e de modificações comportamentais e nas funções executivas em comparação de alunos com respiração predominantemente nasal.
Having in mind the emerging need to relate Health and Education and the importance and prominence that literature has expressed on breathing and its implications for learning, this study aims at exploring and identifying the main anatomical and physiological characteristics of students with nasal breathing and mouth breathing; to point out the changes of behavior in between these two groups of students; to show the modifications of the executive function between these two groups; and to show the relation between the executive functions and the behaviour of the students of both groups. 169 students of the 2nd cycle of schooling from EB2/3 of São João da Madeira were analyzed in terms of breathing, behavior and executive functions - using the adaptation of the MBGR exam the Youth Self Report and Inventory Rating of Behavioral Executive Functions - ICCFE-C / A (version for children / teenagers). It was used the orofacial myofuntional assessment to obtain characterization of breathing method and the myofuntional changes in the sample; and the self-assessment questionnaire and behavioral inventory of behavioral rating of executive functions to verify the existence of a relationship between behavioral performance and executive functions with each breathing method. Students with a predominant oral breathing mode have a higher incidence of myofunctional changes, and behavioral and executive function disorders when compared to students with predominantly nasal breathing
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6853
Designação: MESTRADO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL: MULTIDEFICIÊNCIA E PROBLEMAS DE COGNIÇÃO
Aparece nas colecções:ESE - DPRM - Educação Especial: Multideficiência e Problemas de Cognição

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AndréRodrigues_2014.pdf1,86 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.