Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/685
Título: Sinergia extensora do membro superior no movimento de alcance. Capacidade de placing do polegar
Autor: Matos, Ana
Orientador: Silva, Augusta
Silva, Cláudia
Palavras-chave: AVE
Sinergia extensora
MS
Alcance
Stroke
Extensor synergy
Upper limb
Reaching
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Resumo: Objetivo: avaliar as modificações ocorridas no âmbito da sequência de ativação o da sinergia extensora do MS e na sua influência sobre a capacidade de placing do polegar face à aplicação de um programa de intervenção em fisioterapia. Pretendeu-se também verificar as repercussões ao nível da participação dos indivíduos nas AVD`s. Metodologia: esta série de estudos de casos foi constituída por dois indivíduos com modificações nas componentes neuromotoras de movimento após AVE predominantes no MS. A avaliação dois indivíduos foi realizada em dois momentos PRE e POST separados por um período de intervenção de cerca de quinze semanas. Em cada momento de avaliação foi aplicada a F-MAMR, foi recolhido sinal electromiográfico dos músculos GD, DP, TLONG, TLAT e ABDPOL durante o movimento de alcance e usaram-se seis itens da CIF selecionadas de acordo com as necessidades sentidas. No momento PRE aplicou-se a MMSE para detetar défices cognitivos que interferissem com o processo de avaliação e de intervenção. O programa de intervenção foi individualizado e devidamente ajustado aos indivíduos, procurando que estes mantivessem um papel ativo durante a reabilitação. Esta foi realizada com a frequência de três vezes por semana e cada sessão teve cerca de quarenta e cinco minutos de trabalho ativo. Resultados: encontraram-se modificações na sequência de ativação muscular nos dois indivíduos e entre os indivíduos nos dois momentos de avaliação, nomeadamente no tempo de ativação muscular. O ABDPOL modificou o tempo em que iniciou atividade muscular e passou a recrutar atividade quase simultaneamente ao início do movimento da mão, verificando-se uma influência positiva da sinergia extensora do MS na capacidade de placing do polegar. Verificaram-se resultados positivos no estado sensório-motor do MS e na capacidade do indivíduo em participar em diversas AVD`s selecionadas de acordo com as necessidades. Conclusão: este estudo parece apontar para uma influência positiva nas modificações do nível de atividade da sinergia extensora do MS e na influência desta sobre a capacidade de placing do polegar durante o movimento de alcance, face a um programa de intervenção. Este estudo parece apontar também para uma influência positiva sobre a capacidade do indivíduo em participar em AVD`s selecionadas para a avaliação de acordo com necessidades sentidas.
Objective: to evaluate the changes in the sequence of activation of extensor synergy of MS and its influence on the ability to placing of the thumb against the application of an intervention of physical therapy. Is also objective evaluated the repercussions at the level of participations in ADL`s. Materials and methods: This series of case studies consisted of two individuals with stroke. The evaluation was conducted in two moments, PRE and POST, separated by intervening period of fifteen weeks. In each evaluation was applied to F-MAMR; EMG was collected of the muscles GD, DP, TLONG, TLAT ABDPOL during movement of reaching to evaluate and six items of the ICF selected according to felt needs. At the moment PRE was applied the MMSE to assess and detect cognitive deficits that interfere with the process of assessment and intervention. The intervention was individualized and properly adjusted to the individuals, ensuring that they maintain an active role during rehabilitation. This was performed with the frequency of three times per week and each session took about forty-five minutes of active work. Results: we found changes in the sequence of muscle activation in two subjects between the two evaluation periods, particularly at the time of muscle activation. The ABDPOL changed the time that muscle activity began and began recruiting activity almost simultaneously with the beginning of hand movement and there is a positive influence of the extensor synergy in the ability of placing the thumb. There were positive results in the sensorimotor state of MS and the ability of the individual to participate in various ADL`s selected according to their needs. Conclusion: this study seems to point to a positive influence on changes in the sequence of the activation of extensor synergy and the influence of MS on the ability to placing the thumb in reaching, due to an intervention program in physiotherapy. This study seems to point also to a positive influence on an individual`s ability to participate in ADL`s selected for the evaluation according to felt needs.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/685
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AnaMatos_2011.pdf44,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.