Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6644
Título: O lugar da Hispanoamérica no processo de ensinoaprendizagem de Espanhol como Língua Estrangeira no Ensino Secundário Português
Autor: Cruz, Mário Rui Domingues Ferreira da
Orientador: Sá, Maria Helena Beirão Araújo e
Palavras-chave: Hispanoamèrica
linguistic and cultural varieties of Spanish
experiential communicative approach
critical cultural awareness
multisensory learning
variedades linguísticas e culturais do espanhol
enfoque comunicativo experiencial
consciência cultural crítica
aprendizagem multissensorial
Data de Defesa: 2015
Resumo: Tendo em conta um enfoque comunicativo experiencial (Fernández- Corbacho, 2014) e uma pedagogia crítica emancipatória (Jiménez Raya, Lamb & Vieira, 2007), enriquecida por enfoques multissensoriais (Arslan, 2009), é nossa intenção, com este projeto, contribuir para a implementação de práticas que espelhem as variedades linguísticas e culturais da Hispanoamérica (Liceras, 1995; Beave, 2000) na aula de espanhol como língua estrangeira no ensino secundário português. Neste estudo, através duma perspetiva metodológica de índole qualitativa, pretendemos, como ponto de partida, analisar: a) as representações de alunos portugueses sobre o lugar da Hispanoamérica no processo de ensino-aprendizagem de espanhol como língua estrangeira (Altmann & Vences, 2004; Pérez, 2003), através de inquéritos por questionário; e, ainda, b) as abordagens das variedades linguísticas e culturais do espanhol, que surgem nos manuais utilizados no ensino secundário português. Por outro lado, através de um estudo de caso (Benson, Chik, Gao, Huang & Wang, 2009), procurámos evidenciar uma mostra de possíveis boas práticas didático-pedagógicas e materiais, com vista a um trabalho sistemático e próativo com as variedades linguísticas e culturais do espanhol, baseado numa (hiper)pedagogia crítica e encarando a língua enquanto objeto manipulável e potenciador de cidadãos verdadeiramente conscientes do mundo. Para tal, criámos materiais físicos e digitais, que foram posteriormente implementados com alunos do 11º ano de escolaridade, no nível de iniciação de espanhol, num agrupamento de escolas da região de Aveiro. Os resultados mostram que práticas e materiais desta natureza poderão favorecer aprendizagens comunicativas experienciais, quanto à criação de futuros cidadãos críticos e ativos, fomentando o desenvolvimento das suas competências comunicativa plurilingue e pluricultural e duma consciência cultural crítica (Byram, Gribkova & Starkey, 2002) dos alunos, no contexto de ensino-aprendizagem do ensino secundário.
Taking into account an experiential communicative approach (Fernández- Corbacho, 2014) and an emancipatory pedagogy critical (Jiménez Raya, Lamb & Vieira, 2007), enriched by multisensory approaches (Arslan, 2009; García, 2010), it is our intention with this project to contribute to the implementation of practices that reflect the linguistic and cultural varieties of Spanish (Liceras, 1995; Beave, 2000) in the class of Spanish as a foreign language in secondary school education in Portugal. Given a qualitative methodological perspective, it is proposed in this study to analyze: a) the performances of students about the place of Hispanoamérica in the teaching and learning of Spanish as Foreign Language (Altmann and Vences, 2004; Pérez, 2003 ) through questionnaires; and b) the approaches of the different linguistic and cultural varieties of Spanish (Alvar 2002), arising in the most used textbooks in secondary education (initial levels) in the region of Aveiro. In fact, through a case study (Benson, Chik, Gao, Huang and Wang, 2009), we paid attention to a sample of possible good practices and teaching and learning materials in order to tackle systematically and proactively the issue of the Spanish language and cultural varieties, all based on a (hyper) critical pedagogy approach which sees language as a manipulable object and enhancer of citizens aware of the world. To this end physical and digital materials which have been developed with 11th grade students in the beginner level of Spanish, in a group of schools in the region of Aveiro are presented. The results show that the practices and the material of this nature can develop communicative experiential learning, contributing to the creation of future critical and active citizens and promoting the development of their plurilingual and multicultural communication skills (Byram, Gribkova and Starkey, 2002) in the secondary school context.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6644
Designação: Mestrado em Ensino de Inglês e Língua Estrangeira (Espanhol) no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário
Aparece nas colecções:ESE - DPRM - Ensino de Inglês e de Francês ou Espanhol no Ensino Básico

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_CruzMario_2015.pdf69,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.