Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6604
Título: O relato financeiro e a contabilidade forense
Autor: Barbosa, Susana Isabel de Lage
Orientador: Carvalho, Rodrigo Mário de Oliveira
Palavras-chave: Contabilidade forense
Gestão de resultados
Relato financeiro
Fraude
Financial report
Forensic accounting
Fraud
Earning management
Data de Defesa: 2015
Resumo: Na sequência dos escândalos e colapsos financeiros verificados, cada vez mais é equacionado o papel assumido pela Contabilidade, Auditoria, pelos seus profissionais e entidades de regulamentação e supervisão. Assim, assume primordial destaque o reforço na implementação das melhores práticas do corporate governance, visando recuperar e consolidar a economia, segurança e confiança nos mercados, nos stakeholders e nas entidades responsáveis. Atualmente, as organizações encontram-se a operar em ambientes cada vez mais hostis, exigentes e competitivos, onde os fatores de incerteza e de risco são constantes, pelo que assistimos à crescente necessidade das informações financeiras serem divulgadas fidedigna e tempestivamente, por forma a restabelecer e assegurar a confiança dos stakeholders, reduzindo o Expectation Gap, reforçando a transparência e o combate à fraude. Deste modo, a qualidade da informação económica e contabilística disponibilizada pelas empresas, em geral, e pelo setor financeiro (Banca) em particular, evidencia que a manipulação dos resultados acarreta graves consequências para os seus destinatários. Face ao exposto, pretendemos analisar a forma como a Contabilidade Forense permite atuar na prevenção e deteção de fraudes e corrupção, crimes económicos / financeiros e ações fraudulentas, enfatizando o papel assumido pela auditoria. Complementarmente, procuramos destacar que o processo de credibilização do relato financeiro deverá ser encarado transversalmente na organização, pertencendo a responsabilidade inicial ao órgão de gestão, seguindo-se os auditores, o órgão de fiscalização e a Assembleia-Geral de acionistas, sem descurar as responsabilidades dos órgãos de regulamentação e supervisão. Ao longo da presente investigação pretendemos aferir se um reforço na regulamentação, supervisão e no corporate governance permitem restabelecer a confiança e fidedignidade no relato financeiro e nos seus profissionais responsáveis pela preparação e emissão de pareceres credíveis, analisando o papel / atuação das entidades responsáveis pela emissão de regulamentação e supervisão face aos recentes acontecimentos, mitigando a ocorrência de fraudes e das suas repercussões.
According the scandals and verified financial collapses, it is increasingly equated the role played by the Accounting, Auditing, for their professional and regulatory and supervisory entities. So, it is of paramount emphasis to increase the implementation of best practices of corporate governance, aiming to recover and consolidate the economy, security and confidence in markets, stakeholders and the responsible entities. Nowadays, organizations are operating in increasingly hostile, demanding and competitive environments, where uncertainty and risk factors are constant, whereby we’ve witnessed the growing need of financial information be disclosed reliable and timely, in order to restore and ensure stakeholder reliability, reducing the Expectation Gap, enhancing transparency and combating fraud. Thus, the quality of economic and accounting information provided by companies in general and the financial sector (Banking) in particular, shows that the manipulation of results has serious consequences for the recipients. Given the above, we intend to analyze how the Forensic Accounting allows work in the prevention and detection of fraud and corruption, financial / economic crimes and fraudulent actions, emphasizing the role played by the audit. In addition, we seek to highlight that the process of credibility of financial reporting should be viewed across the organization, belonging the initial responsibility to the governing body, followed by the auditors, the Supervisory Board and the General Meeting of shareholders, without neglecting the responsibilities of regulatory and supervisory entities. Throughout this research we intend to investigate if an increase in regulation, supervision and corporate governance allows to restore confidence and trust in financial reporting and its professionals who are responsible for preparing and issuing credible reports, analyzing the role / performance of the entities responsible for issuing regulation and supervision at the recent events, mitigating the occurrence of fraud and its impacts.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças, sob orientação do Dr. Rodrigo Mário de Oliveira Carvalho
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6604
Designação: Mestrado em Contabilidade e Finanças
Aparece nas colecções:ISCAP - DM - Contabilidade e Finanças

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_SusanaBarbosa_2015.pdfDissertação de Mestrado1,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.