Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6547
Título: Análise do potencial de aprendizagem em ambiente de sala de espera. Proposta de protótipo
Autor: Sousa, Sónia Alexandra Martins de
Orientador: Castro, António Abel Vieira de
Moreira, Sérgio
Palavras-chave: Sala de espera
Momento de espera
Aprendizagem
Saúde
Tecnologia
MYINFO
Waiting room
Waiting moment
Learning
Health
Technology
Data de Defesa: 2012
Resumo: Sempre que temos necessidade de nos deslocarmos a uma instituição de saúde para uma consulta ou para um exame clínico, somos sistematicamente obrigados a esperar num local para o efeito onde se encontram, por norma, outros utentes e/ou pacientes em espera. Este local é tradicionalmente denominado como sala de espera, na qual são normalmente disponibilizadas revistas e jornais com o intuito de proporcionar aos utentes alguma distração enquanto aguardam pela consulta. Este tempo de espera costuma provocar e despoletar um “turbilhão” de sensações durante esse período, que podem mesmo chegar a ser antagónicas. Estes espaços de espera têm evoluído verificando-se a inclusão de elementos tecnológicos, com o intuito de tornar o “ato de espera” menos pesado e mais agradável para os seus utentes. A inclusão de televisões evidenciou uma evolução no processo de descontração do paciente em espera, passando de um espaço onde inicialmente a informação e/ou meios de distração se baseava apenas em revistas ou jornais. De acordo com a evidente evolução tecnológica e a banalização do acesso à Internet, pretendeu-se investigar a possibilidade de proporcionar, aos utentes em espera, uma aprendizagem (ainda que momentânea) através da transmissão de informação útil sobre a área da saúde (informação de carácter geral ou específico). Para o efeito, analisou-se a possibilidade deste tipo de espaços poderem usufruir de equipamentos tecnológicos como, por exemplo, computadores ou ecrãs informativos interativos e aferir as facilidades de acesso à Internet. Neste âmbito, procurou-se ainda evidenciar e demonstrar a importância do espaço da sala de espera, analisando quais as suas principais funções e como são atualmente utilizadas. A análise a este tipo de espaço e às suas caraterísticas permitiu efetuar uma caracterização de possíveis tipologias de sala de espera. Para além disso, efetuou-se um estudo para analisar de que forma se poderia dinamizar este espaço, tendo sempre presente o paciente em espera como centro de atenções, visto que é ele o principal utilizador deste tipo de espaço. Posteriormente idealizou-se e desenvolveu-se um protótipo, com o intuito de investigar a possibilidade de proporcionar a transmissão de conhecimento adicional (“educar”) através da transmissão de informação útil aos pacientes (por exemplo, sobre tratamentos e/ou doenças), difundindo-a nos ecrãs disponíveis na sala de espera. Por fim, avaliou-se o seu potencial para validar se é possível e útil aprender durante a espera.
Every time we have the necessity to go to a health institution for a medical consultation or for a clinical examination, we are systematically forced to wait in a specific space where are, for rule, others patients waiting. Traditionally, this place is called waiting room where the patients can find some magazines or newspapers to read, with the intention to provide some kind of distraction while waiting, once this waiting time usually causes a “whirlwind” of sensations during this period that may even get to be antagonistic. These types of spaces have evolved lately, and it’s often possible to find the inclusion of technological elements, in order to make the “act of waiting” less tedious and more enjoyable for its users. The inclusion of television screens revealed an evolution in the process of relaxation of the patient when waiting. The waiting room is no longer a space where information and/or means of distraction were based only in magazines or newspapers. According to the obvious technological evolution and trivialization of Internet access, it is intended to investigate the possibility of providing users waiting, some kind of learning (even if just momentary) through the transmission of useful information on health (general or specific). To this end, it is analyzed the possibility of such spaces can take advantage of technological equipment like computers or interactive information screens and evaluate the facilities of Internet access. In this context, still attempted to highlight and demonstrate the importance of the waiting room space, analyzing its main functions and how they are currently used. The analysis of this kind of space and its features, made possible a characterization of possible typologies of waiting room. In addition, we performed a study to examine how we could dynamize this space, always keeping in mind the patient waiting as the center of attention, because he is the main user of this type of space. Later, it is idealized and developed a prototype with order to investigate the possibility of providing the transmission of additional knowledge (“educate”) by transmitting useful information to patients (for example, about treatment and/or disease), showing it in the screens available in the waiting room. Finally, we evaluated its potential to validate if it is possible and useful to learn while waiting.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6547
Designação: Mestrado em Engenharia Informática
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Informática

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_SoniaSousa_2012_MEI.pdf3,03 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.