Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6480
Título: Implementação ESB numa unidade hospitalar. Uso normalizado de mensagens HL7
Autor: Ribeiro, Ruben Fernando Santos Silva
Orientador: Martins, Ângelo
Palavras-chave: Sistemas de Informação
ESB
HL7
HSB
Information Systems
Data de Defesa: 2012
Resumo: Atualmente, os sistemas de informação hospitalares têm de possibilitar uma utilização diferenciada pelos diferentes intervenientes, num cenário de constante adaptação e evolução. Para tal, é essencial a interoperabilidade entre os sistemas de informação do hospital e os diversos fornecedores de serviços, assim como dispositivos hospitalares. Apesar da necessidade de suportar uma heterogeneidade entre sistemas ser fundamental, o acesso/troca de informação deve ser feito de uma forma protocolada, segura e transparente. A infraestrutura de informação médica moderna consiste em muitos sistemas heterogéneos, com diversos mecanismos para controlar os dados subjacentes. Informações relativas a um único paciente podem estar dispersas por vários sistemas (ex: transferência de pacientes, readmissão, múltiplos tratamentos, etc.). Torna-se evidente a necessidade aceder a dados do paciente de forma consolidada a partir de diferentes locais. Desta forma, é fundamental utilizar uma arquitetura que promova a interoperabilidade entre sistemas. Para conseguir esta interoperabilidade, podem-se implementar camadas de “middleware” que façam a adaptação das trocas de informação entre os sistemas. Todavia, não resolvemos o problema subjacente, ou seja, a necessidade de utilização de um standard para garantir uma interacção fiável entre cliente/fornecedor. Para tal, é proposto uma solução que passa por um ESB dedicado para a área da saúde, denominada por HSB (Healthcare Service Bus). Entre as normas mais usuais nesta área devem-se salientar o HL7 e DICOM, esta última mais especificamente para dispositivos de imagem hospitalar, sendo a primeira utilizada para gestão e trocas de informação médica entre sistemas. O caso de estudo que serviu de base a esta dissertação é o de um hospital de média dimensão cujo sistema de informação começou por ser uma solução monolítica, de um só fornecedor. Com o passar dos anos, o fornecedor único desagregou-se em vários, independentes e concorrentes, dando lugar a um cenário extremamente preocupante em termos de manutenção e evolução futura do sistema de informação existente. Como resultado do trabalho efetuado, foi proposta uma arquitetura que permite a evolução do sistema atual de forma progressiva para um HSB puro.
Currently, healthcare information systems must customizable to meet each actor’s needs, in a scenario of continuous adaptation and evolution. To achieve this it is essential interoperability between the multiple hospital information systems and between these and the external service providers’. Despite the need to support heterogeneous systems, access/exchange of information should be in a standard, secure and transparent way. The infrastructure of modern health information consists of many heterogeneous systems, with different mechanisms to control the underlying data. Information on a single patient may be scattered across multiple systems (e.g. patient transfer, readmission, multiple treatments, etc.). It becomes evident the need to access patient data in a consolidated manner from different locations. Thus, it is essential to use an architecture that promotes interoperability between systems. To achieve this interoperability, layers of "middleware" can be implemented that adapt information exchange between systems. However, this does not solve the underlying problem, namely the need to standardize information to ensure reliable interaction between customer / supplier. To this end, we propose a solution based on an ESB specially tailored for the healthcare business, the so-called HSB (Healthcare Service Bus). Among the information exchange standards in this area, HL7 and DICOM are the most common, the latter specifically for hospital imaging devices, the first being used for information exchange between medical information systems. The case study in this dissertation addresses the problems of a medium-sized hospital information system, which began as a monolithic solution from one supplier. Over the years, the sole supplier split into multiple competing suppliers, giving rise to a very worrying scenario in terms of maintenance and further development of the existing information system. As a result of this work, we propose an architecture that enables the gradual evolution of the current system to a pure HSB.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6480
Designação: Mestrado em Engenharia Informática - Área de Especialização em Arquiteturas, Sistemas e Redes
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Informática

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_RubenRibeiro_2012_MEI.pdf2,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.