Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6258
Título: Dimensão do sector público e crescimento económico: uma relação não linear na União Europeia dos 15?
Outros títulos: The size of public sector and economic growth: a non-linear relationship in the EU 15?
Autor: Castro, Conceição
Palavras-chave: Dimensão óptima da Administração Pública
Crescimento económico
Curva de Armey
Optimal dimension of Public Administration
Economic growth
Armey curve
Data: 2009
Editora: ISCTE-IUL Business School
Citação: CASTRO, Conceição. The size of public sector and economic growth: a non-linear realationship in the EU 15?. Economia Global e Gestão [online]. 2009, vol.14, n.3 [citado 0000-00-00], pp. 61-75 . Disponível em: <http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442009000300005&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 0873-7444.
Resumo: Os Estados-Membros da União Europeia têm tido a preocupação de reduzirem a dimensão da Administração Pública na economia, a par de a tornar muito mais eficiente de forma a promover o crescimento económico. Neste artigo analisam-se as relações entre a despesa pública e o crescimento económico em 14 Estados-Membros da União Europeia dos 15, com o objectivo de determinar a dimensão óptima das Administrações Públicas, tendo por base teórica a Curva de Armey. Os resultados, para o período 1965-2007, sugerem uma dimensão do sector público maximizadora do crescimento económico de 47,37% e 22,17% do PIB, quando avaliada pelas despesas públicas totais e o consumo público, respectivamente.
Member States of the European Union have been concerned to reduce the dimension of general government in the economy, along with becoming more efficient in order to promote economic growth. In this article, the relations between the public expenditures and the economic growth are analyzed in 14 Member States of the European Union of the 15, in order to determine the optimal size of the government, having for theorical ground the Armey Curve. The results for the period 1965-2007, suggest a size of government maximizing the economic growth of 47.37% and 22.17% of GDP, when measured by total public expenditure and public consumption, respectively.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6258
ISSN: 0873-7444
Versão do Editor: http://www.scielo.gpeari.mctes.pt/scielo.php?pid=S0873-74442009000300005&script=sci_arttext&tlng=en
Aparece nas colecções:ESEIG - CGE - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ART_ConceicaoCastro_2009_2.pdf468,15 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.