Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6242
Título: Acidentes de trabalho com exposição biológica em contexto hospitalar
Autor: Afonso, Rute Marina Fernandes
Orientador: Rebelo, Mário
Vieira, Cláudia Sofia
Palavras-chave: instituições hospitalares
profissionais de saúde
acidente de trabalho
riscos biológicos
prevenção
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras
Resumo: No meio hospitalar são desenvolvidas inúmeras atividades que expõe continuamente os profissionais a diversos de riscos que podem culminar em acidentes de trabalho e doenças profissionais. Apesar da legislação existente e dos conhecimentos relativamente à prevenção, os acidentes de trabalho que envolvem exposição biológica continuam a ser objeto de preocupação. De forma a possibilitar a escolha de soluções eficientes que visem eliminar e/ou minimizar as causas deste tipo de acidentes, torna-se necessário conhecer efetivamente a situação dos hospitais. O objetivo deste estudo descritivo de carácter qualitativo e quantitativo, foi caracterizar os acidentes de trabalho que envolvem exposição ao risco biológico ocorridos nas instituições hospitalares a nível nacional. A população alvo foram os profissionais que aí desempenham funções. A amostra é constituída pelos profissionais que notificaram esse tipo de acidentes nas instituições que forneceram dados à ACSS, no ano de 2011. A recolha de dados foi realizada através da consulta da base de dados da ACSS que centraliza a informação relativa aos acidentes de trabalho. Os resultados mostraram que os enfermeiros, entre os 25-29 anos com menos de 10 anos de serviço e com grau académico superior são os profissionais mais acidentados, enquanto o contacto com sangue através da picada de agulha nas mãos que não causa incapacidade são o típico acidente de trabalho com exposição biológica.
In the hospital environment, countless activities are developed which continuously expose professionals to a variety of risks, some of which can culminate in work-related accidents or occupational diseases. Despite all existing legislation and knowledge regarding prevention, work-related accidents with biological exposure remains a serious concern. In order to provide a choice of efficient solutions to minimize and/or eliminate the causes of such accidents, it becomes necessary to know effectively the hospitals’ situation. The aim of this discriptive study with a qualitative and quantitative character, was characterize work-related accidents that involve exposure to biological hazards that occured in hospitals at national level. The target population were the professionals who perform their duties in these hospitals. The sample consists of professionals who have reported such accidents in the institutions that provided data to the ACSS, in 2011. The data was gathered by consulting the ACSS database, a tool which centralizes all information relative to work-related accidents. The results have shown that nurses between 25-29 years, with less than 10 years of service and higher education were the most injured, whereas contact with blood through needlestick in hands that did not cause any disability, are the typical work-related accident with biological exposure.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente e Segurança
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6242
Designação: Mestrado em Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente e Segurança
Aparece nas colecções:ESTGF - DM - Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente e Segurança

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_RuteAfonso_MGIQAS_2013.pdfDM_RuteAfonso_MGIQAS_20131,55 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.