Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6158
Título: Alternativas Processuais e Valorização de Correntes da Refinaria de Matosinhos.
Autor: Barreto, Maria Inês Martins da Silva Lopes
Orientador: Silva, Paula Cristina
Silva, Luís
Reis, Carlos
Palavras-chave: Gasolina Leve
Nafta Química
Isomerização
Light Straight Run
Naphtha
Isomerization
Data de Defesa: 2014
Resumo: Evolução, ato ou efeito de evoluir, sequência de transformações, desenvolvimento progressivo. Se tudo à nossa volta se transforma, a indústria tem de acompanhar esse sistema evolutivo, tornando assim imprescindível alterar ou melhorar processos de produção quando estes não se enquadram com a realidade, ou porque o mercado se altera, ou porque as necessidades mudam, ou por simplesmente ser mais rentável. Sendo a Galp Energia uma empresa que se encontra sempre na vanguarda da evolução tecnológica, encontra no Departamento de Engenharia Química do Instituto Superior de Engenharia do Porto um aliado na procura do melhor modo de valorizar os seus produtos. A Refinaria de Matosinhos tem atualmente duas correntes de gasolina leve e uma de refinado que apresentam grande potencialidade de valorização. Parte destas correntes incorporam atualmente a pool de nafta química da refinaria que é vendida à Repsol Polímeros. O desafio que é proposto baseia-se em valorizar essas correntes através da sua isomerização aumentando o seu RON podendo então ter como fim a pool de gasolinas. Tirando partido da tecnologia disponível para este efeito são apresentados quatro cenários de possíveis soluções. Sendo os dois primeiros excluídos por violarem restrições impostas, o terceiro e quarto cenários foram analisados de um ponto de vista económico. O terceiro cenário conduz a gasolina leve da Fábrica de Aromáticos para a pool de gasolinas sem qualquer tratamento e a gasolina leve da Fábrica de Combustíveis continua a integrar a pool de nafta química. O refinado da Fábrica de Aromáticos será enviado para um splitter, sendo a corrente de topo destinada à pool de nafta química e a corrente de fundo enviada a um reator de isomerização, Isomalk-4SM, passando previamente por uma torre de argila de forma a assegurar que a restrição em teor de olefinas no reator não é violada. O efluente, com RON maior, integrará igualmente a pool de gasolinas. No quarto cenário a corrente de refinado da Fábrica de Aromáticos não sofre qualquer tratamento, continuando a alimentar a unidade de solventes, a gasolina leve da Fábrica de Aromáticos irá diretamente para a pool de gasolinas e a gasolina leve da Fábrica de Combustíveis passará pelo Isomalk-2SM para aumentar o índice de octanos garantido assim ter condições de integrar a pool de gasolinas. Dissertação de Mestrado em Engenharia Química Isomerização de Gasolina Leve O terceiro cenário apresenta um aumento de 4 576 773 € anuais nas receitas e o quarto alcança 11 333 982 € anuais. O investimento inicial total do terceiro cenário é de 28 821 608 € quando o quarto cenário carece de um investimento inicial de apenas 18 028 349 €. Quanto aos custos associados à implementação da unidade estes demonstram-se elevados, o terceiro cenário apresenta um custo de 23 133 429 € enquanto o do quarto cenário é de 13 998 797 €. O quarto cenário apresenta-se assim como a solução mais rentável para o objetivo desta dissertação.
Evolution, act or effect of evolving, sequence of transformations, progressive development. If everything around us is changing and the industry must follow this evolutionary system, is imperative to change or improve production processes when they do not fulfil the reality, or because the market changes, or the needs change, or simply to be more profitable. Galp Energia, a company that is always at the cutting edge of the technological change, sees in the Department of Chemical Engineering of the Instituto Superior de Engenharia do Porto an ally in the pursuit of the best way to utilize their products and resources. The Matosinhos Refinery currently has two streams of light straight run and one of raffinate that exhibit great potential for value increase. These streams are incorporated in the pool of light naphtha that is sold to Repsol Polymers. The proposed challenge is to enhance the streams through isomerization processes increasing their RON and thereby allowing the incorporation in the gasoline pool. Taking advantage of the technology available for this purpose four scenarios of possible solutions are presented. Two of these scenarios were excluded, and an economic viability analysis was performed on the other two, the third and fourth scenarios. The third scenario leads the LSR of FAR to the gasoline pool without any treatment meanwhile the LSR of FCO continues to integrate the pool of naphtha. The raffinate of FAR is sent to a splitter, the top stream is destined to naphtha pool and the bottoms stream is sent to an isomerization reactor, Isomalk-4SM previously passing through a clay tower to ensure that the restriction of olefin content in the reactor is not violated. The effluent with higher RON also incorporates the gasoline pool. In the fourth scenario the stream of raffinate from FAR does not undergo any treatment, feeding the production unit of industrial aliphatic solvents, the LSR of FAR will go directly to the gasoline pooland the LSR of FCO is going to the Isomalk-2SM to increase the octane number and thus allowing it to join the gasoline pool. The third scenario leads to an increase of 4 576 773 € in annual revenue and the fourth scenario raises the annual revenue to 11 333 982 €. Dissertação de Mestrado em Engenharia Química Isomerização de Gasolina Leve The total initial investment in the third scenario is 28 821 608 € while the fourth scenario requires an initial investment of only 18 028 349 €. As for the costs associated with implementing the unit, they present high values: the third scenario presents a cost of 23 133 429 € while the fourth scenario has a cost of 13 998 797 €. The fourth scenario presents itself as the most profitable solution for the purpose of this dissertation.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6158
Designação: Mestrado Em Engenharia Química – Ramo Otimização Energética na Indústria Química
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Química

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_InesBarreto_2014_MEQ.pdf1,73 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.