Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6142
Título: Projetos geotérmicos para usos diretos em Portugal Continental: tipologias e viabilidade económica
Autor: Pires, Márcia Raquel Jorge
Orientador: Carvalho, José Martins
Palavras-chave: Bomba de Calor
Energia
Geologia
Geotermia
Hidrogeologia
Permutador de Calor
Portugal
Energy
Geology
Geothermal Energy
Heat-pump
Heat exchanger
Hydrogeology
Data de Defesa: 2013
Resumo: Os aproveitamentos geotérmicos têm vindo a aumentar significativamente em todo o mundo, sendo os Estados Unidos da América, o maior produtor desta energia proveniente do interior da Terra, com cerca de 3.187 MW de capacidade instalada. Portugal tem capacidade instalada total de 29 MW, no entanto no que se refere ao aproveitamento de “alta entalpia”, isto é, o aproveitamento geotérmico para produção elétrica, apenas se encontra no arquipélago dos Açores, na ilha de S. Miguel, onde estão instaladas e em funcionamento duas centrais geotérmicas com a potência total de 23 MW, com produção de energia de 185 GWh. Em Portugal Continental, não se consegue produzir energia elétrica devido às temperaturas existentes, restringindo esta utilização apenas ao aproveitamento de baixa entalpia (máximo de 76 ºC). Este aproveitamento normalmente é feito em cascata, segundo, predominando o aquecimento de águas sanitárias, climatização, e para termas, usando águas termominerais. Para a exploração deste recurso renovável, é necessário conhecer a hidrogeologia do país, e relacioná-la com a fracturação, e acidentes tectónicos. Portugal Continental, está divido em quatros partes distintas a nível hidrogeológico, o Maciço Antigo, a Orla Ocidental, a Bacia Tejo-Sado e a Orla Meridional. Qualquer aproveitamento geotérmico em Portugal terá de atender a estas características, potenciando também, novas explorações geotérmicas orientadas para as pessoas, respeitando os valores sociais, culturais e ambientais. Neste contexto, existem alguns complexos geotérmicos em funcionamento, outros abandonados, e muitos outros em estudo para uma breve aplicação. Um exemplo de sucesso no aproveitamento do calor geotérmico, é o complexo de Chaves, que foi evoluindo desde 1985, até aos dias de hoje, continuando em exploração e em expansão para um melhor servir da população local. A existência de dois furos, e brevemente dum terceiro, servem para o abastecimento duma piscina, dum hotel, das termas, e da balneoterapia. Devido à riqueza a nível das temperaturas, dos caudais, e ao nível das necessidades energéticas existentes, este complexo apresenta um tempo de retorno de investimento de cerca de 7 anos, o que é geralmente considerado para investimentos para fins públicos, como é o caso. No âmbito das investigações agora realizadas, foi constatado que estes projetos suportam a cobertura de alguma incerteza hidrogeológica, dada a importante procura existente.
The geothermal utilization has increased significantly worldwide, being the United States of America, the largest producer of energy from the Earth's interior, with approximately 3.187 MW of installed capacity. Portugal has a total installed capacity of 29 MW. Due to its volcanic origin the exploitation of geothermal electricity production, is only found in Azores Archipelago, on the island of St. Miguel, where it is installed and running two geothermal power plants with a total power of 23 MW, and with an energy production of 185 GWh . In mainland Portugal, we can’t produce electricity due to the existing temperatures, restricting the application of low temperature sources (maximum 76 ºC). This exploitation is usually cascaded, predominantly water heating, climatization, and spa, using thermal waters. For the exploitation of this renewable resource, it is necessary to know the hydrogeology of the country, namely the tectonical framework. Mainland Portugal is divided into four distinct hydrogeological parts: the Maciço Antigo, Orla Ocidental, Bacia Tejo-Sado and the Orla Meridional. Must be aware of these characteristics, when developing new geothermal projects oriented to people, respecting the social, cultural and environmental values. Therefore, there are a few geothermal operations, other are abandoned, and many others are study for future application. An example of success in the usage of heat from the Earth, is the Chaves geothermal complex, which has evolved since 1985, until today, which is in operation and expanding to serve better the local population. Existing two wells, and briefly from a third, is pumped to supply a swimming pool, a hotel, the spa, and balneotherapy. Due to wealth’s temperatures level, pumping rates of these wells, and the existence of adequate energetic needs, this complex run with a pay-back time of about 7 years. Quite surprisingly the investigation reported here demonstrates that this kinds of projects, given the demand, are able to deal with geological uncertainty (the mining risk).
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6142
Designação: Mestrado em Energias Sustentáveis
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Energias Sustentáveis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_Marcia Pires_2014_MES.pdf3,17 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.