Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/6040
Título: RESTAVEC – from haitian slave child to middle-class american
Autor: Araújo, Mariana Rodrigues Antunes
Orientador: Sarmento, Clara
Palavras-chave: Trabalho infantil
Tradutor
Tradução
Restavec
Child labour
Translator
Translation
Data de Defesa: 2014
Resumo: O objeto final deste relatório é uma proposta de tradução e respectiva análise da obra de Jean-Robert Cadet, intitulada RESTAVEC –from Haitian Slave Child to Middle-Class American. A tradução desta obra foi realizada a pedido do autor, que tem a esperança de ver o seu trabalho publicado em Portugal, como acontece noutros países no mundo, com vista ao cumprimento de uma missão extremamente nobre, o que só vem a comprovar que a tradução é imprescindível nos mais variados âmbitos, nomeadamente no dos Direitos Humanos e do Voluntariado. Assim, é nossa convicção que a proposta de tradução deste forte testemunho de vida despertará o público-alvo para um problema gritante do mundo - o da escravatura infantil - transportando-o, sem barreiras linguísticas ou culturais, para uma outra realidade lamentavelmente actual e pouco conhecida no nosso país. Paralelamente à execução da tradução surge o “diário da tradução”, com base no qual é feita a análise do produto final. Após uma breve biografia do autor e uma contextualização históricocultural, quer do Haiti, quer da obra em si, segue-se então um enquadramento deste trabalho nas várias teorias de tradução a que recorremos, as quais orientam necessariamente o tradutor na árdua tarefa de ser, simultaneamente, recetor e comunicador cultural. Na análise, são detalhadas as dificuldades mais relevantes que se colocaram durante o processo de tradução e as respetivas soluções, apoiadas nos referidos estudos e teorias. Este trabalho contempla ainda um breve estudo comparativo relativamente à tradução da mesma obra para o português, na variante do Brasil Por fim, é apresentada, em anexo, a tradução integral da obra cujo título é Restavec: De Menino Escravo Haitiano a Afroamericano de Classe Média.
The aim of this report is to propose and analyse a translation of Mr. Jean-Robert Cadet’s work, entitled RESTAVEC: from Haitian Slave Child to Middle-Class American. The translation was asked by the author himself, who hopes to have his work published in Portugal, as it happened in several countries around the world. This mission embraced by the author has a very noble purpose which proves that translation is required in many areas, including also Human Rights and Voluntary Work. Confirming what has been mentioned above, the present translation of this dramatic life story will awaken readers to new world problems, taking them to a different from-our-time reality and overcoming linguistic and cultural barriers. At the same time, an analysis of the final product will be made, focusing on the translation difficulties which appeared along the work and their solution, supported by the many studies and theories that exist about this subject. After a brief biography of the author and a short historical and cultural context, both from Haiti and the book itself, some theories of translation we used in this work are explored. These theories guided the translator in the arduous task of being both a receiver and a cultural communicator. Finally, attached to this report, there is the final product of our work, the translation of the book itself.
Descrição: Trabalho de Projeto apresentado ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Tradução e Interpretação Especializadas, sob orientação da Doutora Clara Sarmento
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/6040
Designação: Mestrado em Internacionalização e Empreendedorismo
Aparece nas colecções:ISCAP - DM - Tradução e Interpretação Especializadas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Mariana_Araújo_MTIE_2014.pdfDissertação de Mestrado1,71 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.