Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5805
Título: Characterisation of noisy speech channels in 2G and 3G mobile networks
Autor: Leite, Bruno Daniel Moreira
Orientador: Maros, Dóra
Mamede, Jorge Botelho Costa
Palavras-chave: 2G
3G
Speech Quality
MOS
PESQ
AQuA
Codecs
Noisy radio channels
Qualidade de Voz
Ruído em Canais rádio
Data de Defesa: 2013
Resumo: As the wireless cellular market reaches competitive levels never seen before, network operators need to focus on maintaining Quality of Service (QoS) a main priority if they wish to attract new subscribers while keeping existing customers satisfied. Speech Quality as perceived by the end user is one major example of a characteristic in constant need of maintenance and improvement. It is in this topic that this Master Thesis project fits in. Making use of an intrusive method of speech quality evaluation, as a means to further study and characterize the performance of speech codecs in second-generation (2G) and third-generation (3G) technologies. Trying to find further correlation between codecs with similar bit rates, along with the exploration of certain transmission parameters which may aid in the assessment of speech quality. Due to some limitations concerning the audio analyzer equipment that was to be employed, a different system for recording the test samples was sought out. Although the new designed system is not standard, after extensive testing and optimization of the system's parameters, final results were found reliable and satisfactory. Tests include a set of high and low bit rate codecs for both 2G and 3G, where values were compared and analysed, leading to the outcome that 3G speech codecs perform better, under the approximately same conditions, when compared with 2G. Reinforcing the idea that 3G is, with no doubt, the best choice if the costumer looks for the best possible listening speech quality. Regarding the transmission parameters chosen for the experiment, the Receiver Quality (RxQual) and Received Energy per Chip to the Power Density Ratio (Ec/N0), these were subject to speech quality correlation tests. Final results of RxQual were compared to those of prior studies from different researchers and, are considered to be of important relevance. Leading to the confirmation of RxQual as a reliable indicator of speech quality. As for Ec/N0, it is not possible to state it as a speech quality indicator however, it shows clear thresholds for which the MOS values decrease significantly. The studied transmission parameters show that they can be used not only for network management purposes but, at the same time, give an expected idea to the communications engineer (or technician) of the end-to-end speech quality consequences. With the conclusion of the work new ideas for future studies come to mind. Considering that the fourth-generation (4G) cellular technologies are now beginning to take an important place in the global market, as the first all-IP network structure, it seems of great relevance that 4G speech quality should be subject of evaluation. Comparing it to 3G, not only in narrowband but also adding wideband scenarios with the most recent standard objective method of speech quality assessment, POLQA. Also, new data found on Ec/N0 tests, justifies further research studies with the intention of validating the assumptions made in this work.
Com o mercado das redes móveis a atingir níveis de competitividade nunca antes vistos, existe a crescente necessidade por parte dos operadores de rede em focar-se na Qualidade de Serviço (QoS) como principal prioridade, no sentido de atrair novos clientes ao mesmo tempo que asseguram a satisfação dos seus actuais assinantes. A percepção da Qualidade de Voz, por parte do utilizador, é apenas um exemplo de uma característica de QoS em constante necessidade de manutenção e melhoramento. Sendo nesta temática em que se insere a Tese de Mestrado. Aplicando um método intrusivo de avaliação de qualidade de voz, como meio para um estudo mais aprofundado e, ao mesmo tempo, caracterizando o desempenho dos codecs de voz para as tecnologias de segunda-geração (2G) e terceira-geração (3G). Investigando nova informação que possa ser retirada da correlação entre codecs com bit rates semelhantes, juntamente com a exploração de determinados 'parâmetros de transmissão os quais podem auxiliar na avaliação da qualidade de voz. Devido a algumas limitações ligadas ao analisador de áudio (requisito neste tipo de aplicações), existiu a necessidade de procurar um sistema distinto para gravação das amostras de teste. Embora o sistema escolhido não seja padronizado para este tipo de ensaios, após vários testes e consequente optimização dos parâmetros do sistema, os resultados finais consideram-se credíveis e satisfatórios. Os testes efectuados incluem um conjunto de codecs de elevado e baixo bit rate, onde a comparação e análise dos resultados levam a concluir que codecs de voz 3G têm melhor desempenho, sob aproximadamente as mesmas condições, comparativamente com os 2G. Reforçando a ideia generalizada que 3G é, sem dúvida, a melhor escolha se o utilizador procura uma solução superior a nível de qualidade de voz. No que diz respeito aos parâmetros de transmissão escolhidos para a experiência, RxQual (Qualidade do sinal Recebido pela estacão móvel) e Ec/N0 (razão entre Energia por chip e a Densidade Espectral de Potência), estes foram sujeitos a testes de correlação com a qualidade de voz. Os resultados de RxQual foram sujeitos a comparação com estudos prévios de outros investigadores, confirmando este parâmetro como um indicador de qualidade de voz bastante fiável. Quanto a Ec/N0, não é possível declará-lo como um indicador de qualidade de voz, no entanto, este demonstra limites claros para os quais os valores de Mean Opinion Score (MOS) decrescem significativamente. Os parâmetros de transmissão estudados demonstram não só que podem ser utilizados com objectivos de gestão de rede mas como também podem fornecer, ao engenheiro (ou técnico), informação relativa ao impacto que poderá existir na qualidade de voz. Com a finalização deste trabalho é possível constatar que novos estudos devem ser efectuados. Considerando que a tecnologia de quarta-geração (4G) começa agora a dar os seus primeiros passos no mercado das redes móveis, como a primeira com arquitectura de rede totalmente orientada para IP, parece de grande importância que esta tecnologia seja sujeita a avaliação. Comparando-a com 3G, não só para banda-estreita (300 a 3400 Hz) como também para cenários de banda-larga (50 a 7000Hz), aplicando o mais recente método normalizado de avaliação de qualidade de voz, o POLQA. Por fim, também se verifica como pertinente uma continuação do estudo relativo a Ec/N0 a fim de validar as ilações retiradas neste trabalho.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5805
Designação: Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores -Telecomunicações
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_BrunoLeite_2013_MEEC.pdf8,74 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.