Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5728
Título: A Percepção dos Cuidadores Informais Relativamente ao Centro de Dia Para Pessoas com Doença de Alzheimer
Autor: Leite, João Marco
Orientador: Marques, António
Portugal, Paula
Palavras-chave: acto de cuidar
sobrecarga
qualidade de vida
equilíbrio ocupacional
caregiving
burden
life quality
occupational balance
Data de Defesa: Nov-2010
Resumo: A sobrecarga familiar provocada pela doença de Alzheimer é reconhecida como um problema de saúde pública: há cada vez menos cuidadores jovens para cada vez mais doentes idosos e as insuficientes respostas de suporte social são uma realidade. O acto de cuidar no domícilio afecta de forma significativa os padrões ocupacionais dos prestadores de cuidados, levando-os a situações de desiquilíbrio ocupacional e a grande desgaste fisico e emocional. Assim, este trabalho pretende compreender a percepção dos cuidadores informais relativamente à integração destas pessoas em centros de dia, como estratégia de melhoria da estabilidade emocional e equilíbrio ocupacional dos seus familiares. Em termos da recolha da informação empírica, recorremos a uma metodologia mista, constituída por procedimentos mais de natureza quantitativa e outros de carácter mais qualitativo. Nesse enquadramento foram administrados a cerca de 10 cuidadores informais, antes e depois do seu familiar ter sido integrado no centro de dia, os instrumentos “Entrevista de Zarit para a sobrecarga do cuidador” e o “Teste abreviado da qualidade de vida” (WHOQOL-Bref), no sentido de se avaliar o impacto desta medida no equilíbrio emocional e percepção subjectiva da qualidade de vida. Concomitantemente, foram realizadas entrevistas também antes e depois da integração no sentido de compreender de que forma a frequência no centro de dia potencia um equilíbrio ocupacional mais adaptado. Os resultados obtidos mostram que ocorreu uma diminuição da sobrecarga emocional e uma melhoria da percepção subjectiva de qualidade de vida por parte dos cuidadores, bem como, um padrão de equilíbrio ocupacional mais ajustado e equilibrado e potenciador de bem-estar, após a frequência de seis meses do familiar com doença de Alzheimer no centro de dia “Memória de Mim”. Ainda que tratando-se de um estudo exploratório, estas conclusões parecem apontar para a importância destas respostas sociais no suporte às pessoas com demências e aos seus familiares.
The familiar burden due to Alzheimer’s disease is known to be a problem of public health: there’s a decrease in the number of young caregivers to the increasing number of elderly people and the few social answers are still a reality. The act of caring in the dwelling-place affects in a significant way the occupational patterns of the caregivers, leading them into situations of occupational imbalance and an enormous physical and psychological burden. Therefore, this work as the goal to understand the perception of the informal caregivers in relation to the integration of their relatives in the day care units, as a strategy for the improving of emotional stability and occupational balance in the caregivers. In terms of collecting the empirical information, we fell back on a mixed methodology, built in the procedures of quantitative and qualitative research. In this guidelines, we administered on 10 informal caregivers, before and after their relative were integrated on the day care unit, the instruments “Zarit burden interview” and the “Brief World Health Organization Quality of Life Assessment Instrument (WHOQOL-bref)”, with the purpose to understand the impact of this measure in the emotional balance and subjective perception of the quality of life. Meanwhile, interviews have been made, also before and after the integration in the day care center, in order to comprehend if the frequency in the day care unit leads to a better occupational balance. The results show that a diminish in the emotional balance and an improvement in the subjective perception of the quality of life by the caregivers occurred, and also, a pattern of occupational balance more adjusted and enhancer of well-being, after the six months frequency of their relatives with Alzheimer’s disease in the day care center “Memória de Mim”. Although this is an exploratory study, these conclusions seemed to show the importance of these social answers to the persons with dementia and their caregivers.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5728
Designação: Mestrado em Terapia Ocupacional
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Terapia Ocupacional

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_JoaoLeite_2010.pdf519,14 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.