Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5691
Título: A satisfação dos trabalhadores com as práticas de gestão de recursos humanos: o caso de uma Instituição do Ensino Superior Público em Portugal
Autor: Clemente, Lucília de Fátima Gonçalves Domingues
Orientador: Martins, Dora
Palavras-chave: Gestão de recursos humanos (GRH)
Práticas de gestão de recursos humanos (PGRH)
Perfil do Profissional de Recursos Humanos
Satisfação dos trabalhadores com as PGRH
Administração pública (AP)
Human resources management (HRM)
Human resources management practices (HRMP)
Profile of the human resources professionals
Employees’ satisfaction towards the HRMP
Public administration (PA)
Data de Defesa: 26-Fev-2015
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão
Resumo: Este estudo tem como objetivos: (1) conhecer as práticas desenvolvidas numa organização do Ensino Superior Público Português; (2) conhecer a tipologia das práticas de GRH de cariz tradicional e de cariz estratégico; (3) perceber em que medida as práticas de GRH estão relacionadas com a área de qualificação dos responsáveis do departamento de RH; (4) averiguar o grau de satisfação que os trabalhadores sentem com as Práticas de Gestão de Recursos Humanos desenvolvidas e a sua relação com a área de qualificação dos responsáveis do departamento de RH. Foi utilizada uma metodologia mista, que possibilita ampliar a obtenção de resultados em abordagens investigativas, proporcionando ganhos relevantes para a pesquisa. É realizado um primeiro estudo exploratório, que utiliza uma metodologia mista quantitativa e qualitativa, com recurso a uma entrevista semiestruturada e inquérito realizados aos responsáveis de RH, e que tem como objetivos identificar e caracterizar as Práticas de GRH vigentes na Organização e, consequentemente, averiguar se se aproximam das designadas na literatura, assim como averiguar o grau de intervenção do DRH no desenvolvimento das PGRH e caraterizar o perfil do responsável de RH na Organização, averiguando se a área de formação de RH influencia as Práticas de GRH desenvolvidas. No segundo estudo, recorremos a uma metodologia quantitativa com recurso ao inquérito por questionário, aplicado aos trabalhadores que exercem funções a tempo integral, para averiguar o grau de satisfação dos trabalhadores em relação às Práticas de Gestão de Recursos Humanos. Na compilação dos dois estudos foi nosso objetivo obter respostas às questões que orientaram a nossa investigação. Na parte final da dissertação são discutidos os principais resultados obtidos e apresentadas as conclusões do estudo aqui levado a cabo. Os resultados sugerem que: 1) as PGRH existentes são essencialmente de cariz tradicional, em especial a gestão administrativa; 2) as PGRH predominantes são: o Planeamento de Recursos Humanos, a Análise e Descrição de Funções, o Recrutamento e Seleção, a Formação e Desenvolvimento, a Gestão Administrativa, a Comunicação e a Partilha de Informação, Ética e Deontologia e o Estatuto Disciplinar; 3) existe pouco recurso ao outsourcing para as PGRH; 4) o grau de intervenção DRH baseia-se em atividades de cariz mais administrativo; 5) as práticas tradicionais de RH são aquelas que requerem mais tempo ao DRH; 6) não existe relação entre o tipo de PGRH e a área de qualificação do responsável do DRH; 7) as PGRH são realizadas seguindo essencialmente as normas legais e regras rígidas da GRH na AP; 8) algumas PGRH não são entendidas em contexto da AP, como importantes pelos gestores, embora já sejam desenvolvidos alguns procedimentos dessas práticas; 9) a PGRH da formação e desenvolvimento não é corretamente desenvolvida e não dá cumprimento ao estipulado na lei; 10) a gestão de carreiras e o sistema de compensação e recompensas são entendidas como inexistentes, porque não existem promoções e progressões desde 2005; 11) a avaliação do desempenho é um sistema burocrático e ritualista com fins de promoção e compensação, sem efeitos práticos no momento atual, e que causa insatisfação e o sentimento de injustiça; 12) existem problemas de comunicação quanto a partilha e uniformização de procedimentos entre UO; 13) a satisfação dos trabalhadores é maior com as PGRH de tipo tradicional, nomeadamente na gestão administrativa, recrutamento e seleção, análise e descrição de funções, acolhimento, integração e socialização 14) a satisfação é menor na gestão de carreiras, no sistema de compensação e recompensas e na avaliação do desempenho; 15) quanto a relação entre o grau de satisfação e as características sócio demográficas e profissionais dos inquiridos, os casos com significância mostram que os trabalhadores com 10 ou mais anos de antiguidade tendem a sentir mais satisfação com as práticas em GRH; 16) existe mais satisfação dos trabalhadores das UO onde o responsável de DRH possui formação na área de RH.
This study has the following aims: 1) to identify the practices applied in a Portuguese Public Higher Education Institution; 2) to know the typology of the Human Resources Management practices both traditional and strategic; 3) to understand how the Human Resources Management practices are related to the scientific area of the Head of the Human Resources Department; 4) to find out the workers’ satisfaction level towards the Human Resources Practices applied and their relation with the Head of the Human Resources Department. A mixed methodology has been applied, making it possible to improve the outcomes achieved in research approaches, thus favouring the research gains. First it has been done an exploratory study with mixed methods, qualitative and quantitative, using a semi-structured interview and survey done to the Head of the Human Resources. It aims to identify and characterize the HRM Practices used in the organization and consequently find out whether they are similar to the ones mentioned in the literature; also to find out the intervention extent of the Human Resources Department in the development of the HRMP and to characterize the profile of the Head of the Human Resources in the organization, and to analyse whether the training area of the human resources impacts the HRM Practices. In the second study the methodology is going to be quantitative using the survey by the questionnaire tool, applied to the full time workers, in order to identify their satisfaction level towards the human resources management practices. Both studies aim to get answers to the questions that have guided our research. The discussion on the main outcomes and the conclusions of this study are presented in the final part of the thesis. The outcomes suggest that: (1) The HRM Practices are mainly traditional, especially the administrative management; (2) The common HRM Practices are: Human Resources Planning; Analysis and Description of Job functions, Recruitment and Selection, Training and Development, Administrative Management, Communication and Information Sharing, Ethics and Deontology, and Disciplinary Status. Talent Retention is not applied in any organic unit; (3) Outsourcing is not a common resource for the HRM Practices; (4) The Human Resources action is mainly related to administrative activities; (5) The HR traditional practices are the most time consuming for the HR Department; (6) The HRMP follow the legal norms and strict rules of the HRM in Public Administration; (7) Within the Public Administration, some HRMP are not considered important by the managers, although some procedures are already being implemented; (8) The training and development HRMP is not properly developed nor in compliance with the law; (9) Both career management and compensation and benefits are considered non-existent as there are no promotions nor progressions since 2005; (10) The performance assessment is a bureaucratic and ritualistic system aiming the promotion and compensation with no practical effects at the moment, which causes discontent and a sense of injustice; (11) There are communication issues within the organic units regarding sharing and making procedures identical; (12) The employees’ satisfaction is higher with the traditional HRMP, namely in administrative management, recruitment and selection, analysis and description of job functions, reception, integration and socialization; (13) The satisfaction is lower regarding career management, compensation and benefits and performance assessment; (14) When comparing the satisfaction level with the socio- demographic and professional characteristics of the respondents, the most significant cases show that employees with ten or more years at the institution are more satisfied with the practices in HRM; (15) The most satisfied employees are those who work in the organic units where the head of the human resources holds a qualification in the Human Resources area.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5691
Designação: Mestrado em Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos
Aparece nas colecções:ESEIG - DM - Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_LuciliaClemente_2015.pdf2,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.