Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5677
Título: Transporte marítimo de curta distância na União Europeia e em Portugal
Autor: Rocha, José Fernando Santos
Orientador: Pereira, Teresa
Telhada, José Manuel Henriques
Palavras-chave: Transporte marítimo de curta distância
Transporte de mercadorias contentorizado
Autoestradas do mar
Intermodalidade
Short sea shipping
Containerized freight
Motorways of the sea
Intermodality
Data de Defesa: 24-Fev-2015
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão
Resumo: O transporte marítimo sempre assumiu uma importância primordial no transporte, quer de pessoas como de mercadorias. O uso das vias marítimas para o transporte de mercadorias é uma prática utilizada desde os tempos antigos. O transporte marítimo na Europa sempre foi uma forma eficaz e de baixo custo de transportar passageiros e mercadorias de um local para outro. Atualmente, todos os modos de transporte necessitam de melhorar a sua eficiência e reduzir o montante de poluentes que libertam para o meio-ambiente. O transporte marítimo de curta distância (TMCD) é parte essencial no sistema de transporte multimodal Europeu representando cerca de 37% das transações intracomunitárias (tkm). Os resultados alcançados advêm desde que, em 2001, a European Shortsea Network (ESN) em parceria com os Shortsea Promotion Centres (SPC) de cada Estado-Membro da União Europeia (EU) conseguiram efetuar progressos significativos na promoção e desenvolvimento do transporte por esta via. Esta tese de mestrado pretende caraterizar o TMCD na EU e em Portugal e a sua articulação com os outros meios de transporte de mercadorias. Será também analisada a situação Portuguesa ao nível do transporte marítimo de mercadorias fazendo especial relevância à mercadoria contentorizada, às infraestruturas atualmente existentes em Portugal assim como às perspetivas futuras para o setor. A metodologia utilizada inclui a revisão de literatura da investigação efetuada sobre o setor, a recolha de informação primária através do instrumento inquérito e a recolha de informação estatística a partir de fontes secundárias, permitindo a caraterização do setor. O inquérito foi desenvolvido e partilhado com mais de um milhar de empresas a operar em Portugal, nas que se incluem as empresas transportadoras, operadores logísticos, agentes de navegação e as principais empresas exportadoras/importadoras a operar em Portugal, tendo-se obtido 106 respostas válidas. A nível nacional, o inquérito realizado permitiu confirmar que os principais portos logísticos para a movimentação internacional de mercadorias são os portos de Leixões, Lisboa, Sines e Setúbal, estando a maioria das empresas inquiridas localizadas no hinterland destes portos. O inquérito permitiu também concluir que o facto de o transporte rodoviário ser um meio de transporte rápido, de baixo custo para curtas e médias distâncias, de elevada frequência de transporte, de oferecer elevada capacidade e diversos tipos de carga transportada, de oferecer serviços Porta-a-Porta, da elevada flexibilidade e mobilidade oferecida, assim como a rapidez das operações de carga e descarga continuam a contribuir para a elevada competitividade deste modo de transporte de mercadorias, sendo as razões pelo qual este modo é escolhido, pese embora, ser o modo mais poluente por tonelada transportada. Os modos de transporte TMCD e ferroviário apenas são alvo de escolha, como modo de transporte de mercadorias, por parte das empresas mais responsáveis socialmente e ambiental. O inquérito permitiu ainda concluir que, para haver uma melhor articulação entre o TMCD com outros meios de transporte, é necessário que sejam disponibilizados novos serviços, portos e terminais logísticos com serviços privatizados, assim como a redução das tarifas aplicáveis TMCD.
Sea/water shipping always assumed primal importance in transport, both passengers and goods. The use of waterways for transport of goods is a practice used since ancient times. The maritime transport in Europe has always been an effective and at low cost to carry passengers and goods from one location to another. Currently, all transport modes need to improve their efficiency and reduce the amount of pollutants they release to the environment. Short Sea Shipping (SSS) is an essential part in the European multimodal transport system representing about 37% of intra-Community transactions (ton-kms). This results were achieved when, in 2001, the European Shortsea Network (ESN) in partnership with the Shortsea Promotion Centres (SPC) of each European Union State Member managed to make significant progress in the promotion and development of SSS transport. This master thesis aims to characterize SSS, both EU and Portugal, and its relationship to other freight transport modes. The Portuguese situation in terms of sea shipping of goods with particular relevance to containerized freight, the currently existing infrastructure in Portugal as well future prospects for the sector will be analyzed. The methodology includes the literature review literature review performed on the sector, collection of primary data through the survey instrument and collection of statistical information obtained from secondary sources, allowing the sector characterization. A survey was developed and shared with more than one thousand companies operating in Portugal, which include transport companies, logistics operators, shipping agents and the leading exporters / importers operating in Portugal, which we got 106 answers. This questionnaire confirms that the main logistics ports for the international movement of goods are Leixões, Lisbon, Setúbal and Sines, being the majority of the companies located in hinterland of these ports. The investigation also concluded that road freight transport is selected by offering a fast shipping mode, a low cost for short and medium distances, a high frequency transport, offers high capacity and various types of cargo, offering door-to-door services, high flexibility and mobility, as well fast cargo loading and unloading continue to contribute to the high competitiveness of road freight transport, although, a high polluting mode per tonne transported. SSS and rail, are selected only, as freight transport mode, by the most socially responsible companies. The investigation also concluded that to exist a better link between SSS with other transport modes, new services need to be developed, ports and logistics terminals services need to be privatized, as well as the reduction of SSS rates.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5677
Designação: Mestrado em Engenharia e Gestão Industrial
Aparece nas colecções:ESEIG - DM - Engenharia e Gestão Industrial

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_JoseRocha_2015.pdf4,17 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.