Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5654
Título: A influência da dor no joelho na incapacidade e proprioceção em adultos mais velhos
Autor: Freitas, Ana Sofia
Orientador: Melo, Cristina
Crasto, Carlos
Montes, António
Santos, Rita
Palavras-chave: Dor no joelho
knee injury and Osteoarthritis Outcome Score (KOOS)
Proprioceção
Adultos mais velhos
Envelhecimento
knee pain
propriecetion
older adults
aging
Data de Defesa: Out-2014
Resumo: Introdução: A dor no joelho apresenta uma etiologia multifatorial, sendo a idade um fator de risco importante. A dor no joelho poderá estar relacionada com alterações na propriocetividade do joelho. Objetivo (s): Comparar a influência dor unilateral com bilateral do joelho na incapacidade e proprioceção em adultos mais velhos. Métodos: Estudo transversal com uma amostra de 11 indivíduos com dor no joelho, divididos em grupo com dor unilateral (GDU=6) e grupo com dor bilateral (GDB=5). Utilizou-se, a Knee injury and Osteoarthritis Outcome Score (KOOS) para analisar a dor, rigidez e outros sintomas, atividades de vida diária, desportivas e de lazer e qualidade de vida. Foi medida a sensação de posição articular passiva e ativa, bem como a sensação de discriminação de carga. Foram utilizados os testes de Mann-Whitney e de correlação de Spearman, com um nível de significância de 0,05. Resultados: Nas diferentes dimensões da KOOS apesar de não se ter verificado diferenças significativas entre os grupos, o GDU apresenta scores menores, que traduzem uma maior incapacidade. Na sensação de posição articular e na sensação de discriminação de carga não se verificaram diferenças significativas entre os grupos. Conclusão: A dor no joelho ser unilateral ou bilateral não influencia nem a incapacidade nem a proprioceção nos adultos mais velhos.
Introduction: The pain in the knee presents a multifactorial etiology, with age as an important risk factor. The pain in the knee might be related to changes in the proprioception of the knee. Objective(s): To compare the influence of the unilateral pain with the bilateral pain in the knee in the disability and proprioception in older adults. Methods: Cross-sectional study with a sample comprised of 11 individuals with knee pain, divided into two groups: one with unilateral pain (UPG=6) and another one with bilateral pain (BPG=5). The Knee Injury and Osteoarthritis Outcome Score (KOOS) was used to analyse the pain, stiffness and other symptoms, everyday activities, sports and recreation and in the quality of life. It was also performed a measurement of the passive and active articular position, as well as the sense of load discrimination. The Mann-Whitney and Spearman correlation tests were carried out, with a significance level of 0.05. Results: In the different KOOS dimensions, even though there were no significant differences amongst the groups, the UPG presents lower scores, which translate a greater disability. In the articular position sense and in the load discrimination sense, there were no significant changes verified amongst the groups. It was observed a significant relationship between the load discrimination and the KOOS domains, pain (p<0.001) and everyday activities (p=0.010), and it was in the UPG that was verified a very strong positive correlation. Conclusion: Unilateral or bilateral Knee pain, do not influence disability, nor proprioception in the older adults.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5654
Designação: Mestrado em Fisioterapia
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AnaSofiaFreitas_2014.pdf743,06 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.