Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5646
Título: Avaliação da Perceção dos diferentes Graus de Maitland, na Região Lombar, entre Estudantes e Fisioterapeutas
Autor: Mateus, Maria
Orientador: Bessa, Isabel
Palavras-chave: Mobilization by Maitland
Postero-anterior movement (PA)
Physiotherapy students
Physiotherapists
Data de Defesa: Out-2014
Resumo: Introdução – A perceção dos alunos acerca dos diferentes graus de Maitland quando estão a aprender a mobilizar a coluna vertebral não são conhecidas, no entanto esta informação ajudaria no desenvolvimento de estratégias de ensino/aprendizagem para que a sua aplicação seja segura e eficaz. Objetivo - Comparar a perceção dos diferentes graus na realização do movimento postero-anterior central, entre alunos e fisioterapeutas e alunos entre si. Métodos – No presente estudo observacional, analítico transversal, participaram 29 estudantes, divididos em três subgrupos, GA2 (n= 8); GA3 (n = 10) e GA4 (n = 11) e 12 fisioterapeutas. Todos os participantes realizaram num indivíduo assintomático, 5 oscilações, de cada grau, no segmento de L3. Para a recolha dos dados foi utilizado o sistema BioPlux research e para a sua análise o Software Acqknowledge, versão 3,9. O teste de Man-Whitney foi utilizado para determinar as diferenças entre alunos e fisioterapeutas na força, ritmo e amplitude dos 4 graus, e o teste Kruskal Wallis, para comparar os alunos dos diferentes anos, seguido dos testes Post Hoc de Dunn para analisar as variáveis amplitude e força entre os subgrupos. Resultados – Apenas se verificaram diferenças estatísticas entre os alunos e fisioterapeutas no que diz respeito à força na realização do grau IV (p=0,045) e entre os grupos GA2 e GA4 quanto à amplitude executada no grau I (p=0.018) e II (p=0.037) e na força aplicada no grau I (p=0.02) e III (p=0.031), nos quais os alunos do 2º ano realizaram menor amplitude e força que os do 4º ano. Conclusão -Verificaram-se diferenças na perceção da força no grau IV entre alunos e fisioterapeutas. Os alunos do 2º e 4º anos diferem entre si nos graus I e II quanto à amplitude e nos graus I e III quanto à força.
Introduction – The perception that students have of different Maitland grades when they are learning to mobilize the spine is not known, however this information would help in the development of teaching and learning strategies for its safe and effective application. Objective - To compare perception, of postero-anterior (PA) central movement grades, between students and physiotherapists and between 3 students themselves. Methods - This observational, cross sectional study, included 29 students divided into three subgroups, GA2 (n = 8); GA3 (n = 10) and GA4 (n = 11), and 12 physiotherapists. All participants performed 5 oscillations, of each grade in the L3 segment of an asymptomatic individual. Research bioPLUX system and AcqKnowledge Software, version 3.9, were used for data collection andits analysis, respectively. Man-Whitney test was used to determine differences between students and physiotherapists in force, rhythm and amplitude of the 4 grades and Kruskal Wallis test to compare students of the different years, followed by Dunn's post hoc tests to analyze amplitude and force variables between the subgroups. Results - Statistical differences were verified between force applied by students and physiotherapists on grade IV (p = 0.045) and between groups GA2 and GA4 amplitude performance of grade I (p = 0.018) and II (p = 0.037) and in the force applied on grade I (p = 0:02) and III (p = 0.031) in which 2nd year students performed lower amplitude and lower force in relation to the 4th year students. Conclusion - Differences were found in force perception in grade IV between students and physiotherapists groups. Second and fourth year students differ in amplitude performed on grades I and II and in force of grade I and III.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5646
Designação: Mestrado em Terapia Manual Ortopédica
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_MateusMaria_2014.pdf783,44 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.