Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5640
Título: O impacto de um programa de exercícios com o Inspirómetro de Incentivo na função pulmonar em doentes com Escoliose Idiopática
Autor: Flores, Filipa
Orientador: Cavaleiro, João
Lopes, Alexandre
Palavras-chave: Escoliose Idiopática
Função Pulmonar
Força Muscular Respiratória
Inspirómetro de Incentivo
Data de Defesa: Out-2014
Resumo: Introdução: A escoliose é uma deformidade vertebral muito comum e de grande importância social. A etiologia da escoliose idiopática da adolescência é desconhecida e descrita como multifatorial. Segundo a literatura existe uma forte correlação entre a função pulmonar anormal e a gravidade da deformidade da coluna vertebral. Tem sido proposto como abordagem terapêutica o uso de Inspirómetro de Incentivo, contudo, ainda se encontra incerto a sua eficácia nesta patologia. Objetivo: Analisar o impacto de um programa de exercícios domiciliários com o Inspirómetro de Incentivo em doentes com Escoliose Idiopática nos volumes pulmonares e na força muscular dos músculos respiratórios. Metodologia: Foram avaliados, por meio de um estudo experimental, 12 indivíduos do sexo feminino (com média e desvio padrão correspondentes a 15,1 e 1,6 respetivamente) com diagnóstico de Escoliose Idiopática antes e 3meses após a cirurgia corretiva e 12 indivíduos saudáveis também do sexo feminino (com média e desvio padrão correspondentes a 15,2 e 1,4 respetivamente). A função pulmonar foi avaliada através do espirómetro computorizado Spinolab®, a força dos músculos respiratórios avaliou-se através da mensuração da PImáx e PEmáx com o Microrpm®. Para finalizar a avaliação o participante foi sujeito a aplicação do THRESHOLD® com 30% da PImáx obtida. O protocolo domiciliário, referente à parte experimental, baseou-se no uso bi-diário do Inspirómetro de Incentivo Respiflo FS®, que foi fornecido aos participantes no dia da alta hospitalar. Resultados: Foram encontrados valores menores da função respiratória e força muscular (p<0,05) no grupo de doentes com Escoliose em relação ao grupo dos Saudáveis, excepto em relação ao Índice de Tiffeneau (p=0,17). No entanto, quando se comparou o grupo Controlo e o Grupo Experimental não severificaram diferenças estatisticamente significativas em relação às variáveis estudadas. Por fim, na análise dos parâmetros nos dois momentos de avaliação (inicial e final) entre o grupo dos Saudáveis e grupo Experimental verificou-se que existiam diferenças estatisticamente significativas ao nível da CFV (pi=0,02; pf=0,00), FEV1 (pi=0,01; pf=0,00) e PImáx inicial (p=0,02) e PImáx th inicial (p=0,03). Conclusão: A função pulmonar e a força dos músculos respiratórios em indivíduos com diagnóstico de Escoliose Idiopática encontra-se diminuída quando comparada com uma população saudável. Dentro das condições propostas no presente estudo, verificou-se que a aplicação de um programa de exercícios com o Inspirómetro de Incentivo com duração de 3 meses não revela resultados significativos ao nível da função pulmonar e da força dos músculos respiratórios.
Background: Scoliosis is a very common vertebral deformity, which has a great social impact. The etiology of Idiopathic Scoliosis in adolescence is unknown and described as having many factors. According to different studies, there is a strong connection between the abnormal lung function and the gravity of the deformity of the vertebral spine. Has been proposed one therapeutic approach using an Incentive Spirometry, however, still remain uncertain is efficacy in this pathology. Objective: Analyse the impact of the home based program of exercises with Incentive Spirometry in patients with Idiopathic Scoliosis in the lung volumes and in the muscular strength of the breathing muscles. Methods: Using an experimental trial, 12 individuals all female (with the average and standard deviation corresponding to 15.1 and 1.6 respectively) with a idiopathic scoliosis diagnosis were evaluated before and 3 months after corrective surgery as well as 12 healthy female individuals (with the average and standard deviation corresponding to 15.2 and 1.4 respectively). The lung function was evaluated using a computerized Spirometry Spinolab®, the strength of respiratory muscles were evaluated using the measurements of PImáx e PEmáx with Microrpm®. To conclude the evaluation, the participant underwent a protocol of exercises based on the use of THRESHOLD® with 30 % of the obtained Plmáx. The experimental protocol was based on the bi-daily use of the Incentive Spirometer Respiflo FS®, which was made available to participants when they were discharged from hospital . Results: The lung function and muscular strength (p<0,05) in the patients with Scoliosis was lower than in the healthy individuals, except in the Tiffeneau indicator (p=0,17). However, when the control group and the experimental group were compared, there were no statistically significant differences. Lastly, the analysis of the parameters in the two moments of evaluation ( at the beginning and at the end) between the healthy group and the experimental group showed that there were statistically significant differences at the level of CFV (pi=0,02; pf=0,00), FEV1 (pi=0,01; pf=0,00) and initial Plmáx (p=0,02) and initial PImáx th (p=0,03). Conclusion: The lung function and the respiratory muscle strength in individuals with idiopathicscoliosis diagnosis is weaker when compared to a healthy population. Within the proposed conditions in the present study, it was found that the application of an exercise program with an Incentive Spirometer lasting three months shows no significant level of lung function results and strength of respiratory muscles.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5640
Designação: Mestrado em Fisioterapia Cardiorrespiratória
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_FilipaFlores_2014.pdf475,82 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.