Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/562
Título: LIHE – Learning in Higher Education – Contributo para a melhoria do ambiente e daexperiência de aprendizagem de estudantes adultos no Ensino Superior – o Caso Português
Autor: Correia, Ana Maria Ramalho
Mesquita, Anabela
Palavras-chave: Estudantes adultos não tradicionais
Europa
Ensino ao longo da vida
Portugal
Questionários
Entrevistas
Ensino superior
Data: 2003
Editora: Universidade de Compostela
Resumo: As orientações políticas no sentido do desenvolvimento de uma sociedade baseada em conhecimento colocou novas preocupações na agenda da União Europeia e dos governos dos vários países, uma vez que para atingir tais objectivos são necessárias, não só infra-estruturas tecnológicas, mas também uma força de trabalho com as capacidades e competências adequadas, forjadas numa educação/formação inicial bem estruturada e, num processo contínuo de aprendizagem. Esta formação deverá estar disponível a todos os cidadãos, incluindo aqueles a quem as várias circunstâncias da vida não permitiram o progresso através de um percurso de educação formal. Durante bastante tempo, as universidades foram dominadas por uma elite, sendo reduzido o número dos que teriam oportunidade de a frequentarem. Contudo, nos últimos anos, esta situação alterou-se radicalmente. As universidades abriram portas a um grande número de candidatos provenientes de, grupos sociais, económicos, étnicos, ou outros,diversificados. Esta expansão permitiu que estudantes, tradicionalmente excluídos, ou sub-representados no ensino superior, participassem no mesmo. Ao mesmo tempo, verifica-se que instituições, originalmente concebidas e preparadas para acolher jovens estudantes, são procuradas por estudantes adultos (EA) não tradicionais, sem que nalguns casos tivessem a preocupação em perceber e adaptar-se às necessidades dos, assim chamados, “estudantes adultos não tradicionais”. Na realidade, estes não devem ser considerados como uma categoria problemática, necessitando de um tratamento especial devido às circunstâncias da sua origem muito diferenciada, e às diversidades de estilos e necessidades em termos de abordagens pedagógicas, mas tão-somente como um grupo com uma vitalidade e experiência suplementar, e que enriquece as instituições que frequentam. O estudo das expectativas dos estudantes adultos, não tradicionais, bem como das suas principais motivações para o ingresso, ou re-ingresso, no ensino superior, além das barreiras encontradas neste processo, é crucial para informar os decisores políticos. Neste contexto, o projecto LIHE – Learning in Higher Education [100703-CP-1-2002-1-UK-GRUNDTVIG-GI], desenvolvido por um consórcio de instituições de sete países europeus – Alemanha, Espanha, Finlândia, Irlanda, Portugal, Reino Unido e Suécia –, tem como objectivo contribuir para a melhoria da experiência e do ambiente proporcionado a estudantes adultos-não tradicionais, no ensino superior, na Europa. Pretende, igualmente, promover a aprendizagem ao longo da vida neste tipo de ensino, numa dimensão europeia, dando a conhecer, a todos os envolvidos (decisores institucionais e governamentais), as necessidades de aprendizagem de adultos no ensino superior. Esta comunicação, após uma breve referência à necessidade de promover a aprendizagem ao longo da vida, no Ensino Superior, como elemento chave na construção de uma Sociedade do Conhecimento, apresentará os resultados preliminares alcançados, no âmbito do projecto LIHE, os quais decorrem da análise de questionários e de entrevistas biográficas realizadas a alunos adultos no Ensino Superior em Portugal, com o objectivo de conhecer as respectivas experiências individuais de aprendizagem. Como trabalho futuro, serão realizadas entrevistas a docentes do Ensino Superior, com vista a identificar modelos de boas práticas que contribuam para o ensino e aprendizagem de adultos no ensino superior, já actualmente implementadas. Pretende-se, deste modo, identificar as melhores práticas presentemente utilizadas a nível europeu, as expectativas dos estudantes e a forma como estas já se encontram a ser acolhidas pelo sistema de Ensino Superior. Estes resultados constituirão uma base de informação essencial para apoiar as decisões de políticos e gestores de instituições que ensinam ou que preparam adultos para o ensino superior.
Descrição: Artigo apresentado no V Congresso deGaliza e Norte de Portugal de Formação para o Trabalho – “Necessidades de Formação e Desenho Curricular por Competências”, Universidade de Compostela, 27-29 Novembro de 2003
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/562
Aparece nas colecções:ISCAP - ACO - Comunicações em Eventos Científicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LIHE_Contrib_melhoria_aprendizagem_Sant_Compostela_2003.pdf101,68 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.