Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5502
Título: A adaptação intercultural da família: um estudo exploratório com expatriados portugueses
Autor: Sousa, André Francisco Bastos
Orientador: Martins, Dora
Palavras-chave: Ajustamento intercultural
Expatriação
Gestão internacional de recursos humanos
Família
Missão internacional
Intercultural adjustment
Expatriation
International human resource management
Family
International mission
Data de Defesa: 18-Dez-2014
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão
Resumo: A internacionalização por parte do tecido empresarial português é uma realidade cada vez mais presente que tem colocado grandes desafios à gestão internacional de recursos humanos. Sendo as pessoas o fator crítico de sucesso é importante saber como direcionar os esforços para uma gestão eficiente e eficaz dos recursos humanos disponíveis. Desta forma, o objetivo do presente estudo passa por uma exploração da perceção dos expatriados sobre o ajustamento intercultural das famílias durante a missão internacional – Expatriação. De forma a dar resposta a esta questão, para além da revisão da literatura realizada inicialmente, foi utilizada uma metodologia qualitativa com recurso ao estudo de caso múltiplo. Para a operacionalização do processo, o instrumento de recolha de informação privilegiado foi a entrevista semiestruturada, tendo sido realizadas no total 11 entrevistas a expatriados e repatriados que foram acompanhados da família durante a sua expatriação. Os resultados sugerem que o ajustamento intercultural das famílias ao país de destino influencia o expatriado ao nível do ajustamento intercultural, do desempenho organizacional e da vontade de concretizar a missão internacional até ao final. É possível também constatar que os expatriados atribuem extrema importância ao papel de suporte e apoio que a família assume. No final da dissertação são discutidos os resultados obtidos e apresentadas as limitações, pistas para futuros estudos e conclusões do estudo aqui desenvolvido.
Internationalization by the Portuguese business is an increasingly present reality that has produced major challenges to international human resource management. Being the human factor the most critical one for the achievment of success is important to know how to direct efforts for an efficient and effective management of human resources. Thus, the aim of this study involves an exploration of the perception of expatriates on intercultural adjustment of families during the international mission - Expatriation. In order to answer this question, beyond the initial literature review, a qualitative methodology using the multiple case study was used. To operationalize the process, the most widely used instrument for collecting information was the semistructured interviews. Were performed eleven interviews with expatriate and repatriate people, accompanied by family during the expatriation. The results suggest that intercultural adjustment of families to the destination country influences the expatriate level of intercultural adjustment, organizational performance and the will to achieve the international mission by the end. You can also see that expatriates attach great importance to the role of support and assistance that the family takes. At the end of the dissertation, the results obtained are discussed and there are presented the limitations, as well as clues to develop future studies and conclusions about the theme here worked.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5502
Designação: Mestrado em Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos
Aparece nas colecções:ESEIG - DM - Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AndreSousa_2014.pdf1,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.