Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5432
Título: Gestão do risco de crédito e rentabilidade dos bancos: o caso português
Autor: Tchicoco, Fernando Lucas
Orientador: Pereira, Adalmiro Álvaro Malheiro de Castro Andrade
Palavras-chave: Gestão do risco de crédito
Banco
Rentabilidade
Crédito em incumprimento
Credit risk management
Bank
Profitability
Non-performing loans
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Resumo: A gestão do risco de crédito é muito importante para os bancos uma vez que representa parte integrante do processo de concessão de empréstimos. O presente trabalho tem como principal objetivo descrever o nível de impacto da gestão do risco de crédito sobre a rentabilidade dos cinco maiores bancos a operar em Portugal. Foi utilizada uma abordagem qualitativa no desenvolvimento da revisão da literatura, e quantitativa no estudo empírico, focado fundamentalmente na descrição dos resultados obtidos com o software SPSS. Foi utilizado um modelo de regressão linear simples, em que foi definido como indicador de rentabilidade o ROE e o NPLR como indicador da gestão do risco de crédito, sendo que o primeiro representa a variável dependente e o segundo a variável independente. Os dados foram retirados dos relatórios e contas dos cinco bancos que compõem a amostra, no período entre 2007 e 2013. O resultado do modelo de regressão revela que a gestão do risco de crédito afeta a rentabilidade dos cinco bancos que constituem a amostra, existindo uma relação inversa entre as variáveis, e 54,7% da variável dependente pode ser explicada pela variável independente. Na análise efetuada individualmente, ficou evidenciado que o NPLR é capaz de prever variações do ROE dos bancos, com exceção do Banco BPI.
Credit risk management is very important to banks as it is an integral part of the loan process. The main purpose of our study is to describe the impact level of credit risk management on profitability in the five largest banks in Portugal. We used a qualitative approach to develop the theoretical framework and quantitative approach on empirical study, focused mainly on the description of output from SPSS. We have used a linear regression model to do the empirical analysis, and we have define ROE as profitability indicator while NPLR as credit risk management indicators, so the first one represent the dependent variable and the other independent variable. The data is collected from the sample banks annual reports and accounts (consolidated accounts), among 2007-2013. The results of the regression model reveal that credit risk management has inverse impact on profitability in all five banks. The results indicate that NPLR can predict ROE with 54.7 percent probability. The Individual analysis on each bank reveals that the impact of credit risk management on profitability is not the same in all banks. The NPLR of Banco BPI are incapable to predicting ROE.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças, sob orientação do Mestre Adalmiro Álvaro Malheiro de Castro Andrade Pereira.
Nota: 13 valores
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5432
Aparece nas colecções:ISCAP - DM - Contabilidade e Finanças

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_FernandoTchicoco_2014.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.