Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5123
Título: Razões organizacionais para a expatriação: um estudo empírico em empresas portuguesas
Autor: Martins, Dora
Rego, Arménio
Proença, Teresa
Palavras-chave: Expatriação
Expatriados
Gestão internacional de recursos humanos
Data: 2012
Editora: Edições Politema
Resumo: Este estudo explora as razões que levam as empresas portuguesas a utilizar expatriados. Foram estudadas 8 empresas localizadas em Portugal. Destas empresas, 7 são sedes do grupo internacional e 1 empresa é filial de uma multinacional sedeada na Alemanha, envolvendo um total de 16 entrevistas a responsáveis organizacionais pela gestão de expatriados. Foi seguida uma metodologia de tipo qualitativo com recurso a entrevistas semi-estruturadas para recolha de informação e utilizada a análise de conteúdo temática para o tratamento dos dados. Os resultados sugerem que as razões que levam as empresas a expatriar colaboradores estão ligadas às necessidades do negócio, ao controlo das suas operações internacionais, à exportação da cultura da sede para as filiais, à representação institucional da sede nos países estrangeiros, ao desenvolvimento de competências individuais. Concluímos que as empresas localizadas em Portugal parecem desenvolver uma estratégia de Gestão Internacional de Recursos Humanos (GIRH) segundo uma abordagem etnocêntrica, característica de empresas em estádios recentes de internacionalização.
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/5123
ISBN: 9789728688745
Aparece nas colecções:ESEIG - RH - Comunicações em eventos científicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
COM_DoraMartins_2012_1.pdf322,18 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.