Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/5003
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorMagalhães, Rui Jorge Saavedra-
dc.date.accessioned2014-09-29T12:35:42Z-
dc.date.available2014-09-29T12:35:42Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.22/5003-
dc.description.abstractCom a entrada em vigor do Sistema de Normalização Contabilística (SNC) o tratamento contabilístico das Locações passou a ser regulamentado pela Norma Contabilística e de Relato Financeiro (NCRF) n.º 9 – Locações, estando previstos dois tipos de locações: a financeira e a operacional. No exercício da nossa atividade profissional de Técnico Oficial de Contas (TOC) somos, muitas vezes, confrontados com as questões: na aquisição de uma viatura de turismo devemos optar pela locação financeira ou pela locação operacional? Quais as vantagens e desvantagens de cada uma delas em termos contabilísticos e fiscais? O resultado indica que as locações operacionais têm vantagens nos indicadores financeiros, mas as locações financeiras permitem uma maior poupança fiscal. Caberá aos titulares do órgão de gestão e ao TOC a escolha do tipo de locação que melhor responde às necessidades da empresa.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherInstituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Portopor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectLocaçãopor
dc.subjectLocação financeirapor
dc.subjectLocação operacionalpor
dc.subjectViatura de Turismopor
dc.titleAs locações - impacto contabilístico e fiscal: caso das viaturas de turismopor
dc.typeotherpor
dc.peerreviewedyespor
Aparece nas colecções:ISCAP - Provas de Títulos de Especialista

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PTE_RuiMagalhaes_2012.pdf1,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.