Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/4971
Título: Caracterização dos consumos energéticos e estudo do potencial de melhoria da eficiência energética em edifícios de escritórios
Autor: Albuquerque, Inês da Costa Mamede
Orientador: Castanheira, Luís
Palavras-chave: Consumo
Edifícios de escritórios
Eficiência energética
Energia eléctrica
Telecontagem
Medidas de melhoria
Consumption
Office buildings
Energy efficiency
Electric energy
Smart metering
Improvement measures
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: A forte preocupação ambiental, nomeadamente a emissão de Gases com Efeito de Estufa (GEE), aliada à constante ameaça do esgotamento dos combustíveis de origem fóssil, leva à necessidade de consumir energia de forma mais eficiente. Neste sentido, surge a promoção da eficiência energética nos diversos sectores consumidores de energia em todo o Mundo. Sabendo que passamos mais de 80% do nosso tempo dentro de edifícios, e que cerca de 40% da energia mundial é consumida nos mesmos [ADENE], é importante operar no sentido de promover a utilização racional de energia e incentivar ao consumo eficiente da mesma nos edifícios. Apesar do esforço que tem sido realizado a nível nacional, no sentido de melhorar a eficiência energética em edifícios de serviços, através da implementação de legislação diversa e de vários programas de incentivo, existem ainda várias lacunas a serem colmatadas e muito trabalho a fazer nesse sentido. Por tudo isto, e principalmente por ter constantemente em mente premissas como “a energia mais barata é aquela que não se consome” ou “não podemos gerir aquilo que não medimos”, surgiu a ideia de realizar esta dissertação, onde inicialmente através de dados provenientes de telecontagem se desenvolve uma tentativa de padronização/tipificação do consumo eléctrico em seis edifícios de escritórios, identificando-se assim algumas situações anómalas em diversos diagramas de carga construídos. Relaciona-se também o consumo eléctrico dos seis edifícios com algumas variáveis exógenas, de modo a perceber a influência das mesmas no consumo eléctrico de cada edifício. Numa vertente mais prática, foram identificadas e quantificadas potenciais medidas de melhoria, comportamentais e técnicas, num dos edifícios em estudo, de modo a poder contribuir para a redução do consumo energético do mesmo. Espera-se que este trabalho, possa eventualmente constituir uma ajuda na caracterização de consumos e detecção de medidas de melhoria em edifícios de escritórios, alcançando a eficiência energética neste tipo de instalações e facilitando assim o trabalho de vários profissionais do sector. Pretende-se igualmente demonstrar a importância da eficiência energética na gestão do uso da energia eléctrica em edifícios, e efectuar um paralelo entre a energia economizada por meio da implementação de medidas/acções de uso racional e eficiente, com a redução da queima de combustíveis fosseis na geração de energia eléctrica e a sua consequente redução nas emissões de dióxido de carbono (CO2), com o objectivo final de melhorar a qualidade de vida no nosso planeta.
The major environmental concern, specifically the Greenhouse Gas (GHG) emission, allied to the constant threat of the exhaustion of fossil fuels, leads to the need to use energy more efficiently. Therefore, the promotion of energy efficiency in several sectors of worldwide energy consumers arises. Taking into account that we spend more than 80% of our time inside buildings, and about 40% of the world’s energy is spent on it [ADENE], it is important to work towards the promotion of rational consumption and encourage an efficient use of energy in buildings. Despite the effort that has been done nationally, in order to improve the energy efficiency in service buildings, thru the implementation of many laws and several encouraging programs, there are still many flaws to be corrected and lot of work to be done. For the mentioned reasons and for the constant assumptions made, such as “the most economic energy is the one that is not consumed” or “we cannot manage what we do not measure”, the idea of performing this thesis occurred. Initially, via the data obtained from smart metering, it is developed an attempt to standardize the electric consumption in six office buildings, identifying some anomalous situations in several load profiles. Some exogenous variables were related to the electric consumption of the six office buildings, to understand their influence on the electric consumption of each building. On the practical side, there were identified and quantified potential improvement measures, behavioral and technical as well, in one of the analyzed buildings, in order to contribute to the reduction of the energy consumption of the building. It is expected that this work can eventually provide some guidance in the characterization of consumptions and the detection of improvement measures in office buildings, reaching the energy efficiency in these kind of buildings and simplifying the job of other professionals in the area. Moreover, it is also meant to demonstrate the importance of energy efficiency in the management of electric energy in buildings, and to make a comparison between the energy saved by implementing measures of rational and efficient use of energy, with the reduction of fossil fuels consumption in an age of electric energy and the following reduction of carbon dioxide (CO2) emissions, with the final goal of improving the life quality of our planet.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/4971
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Energias Sustentáveis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_InesAlbuquerque_2013_MES.pdf3,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.