Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/4726
Título: Influência de diferentes estratégias de estabilização lombopélvica e de programas de exercícios de controlo motor no Active Straight Leg Raise
Autor: Monteiro, Ana Cláudia da Silva Guimarães Chapeleiro
Orientador: Carvalho, Paulo
Palavras-chave: Dor lombopélvica
ASLR
Manobras de estabilização
Pilates
McGill
Lumbopelvic pain
Stabilization maneuvers
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto.
Resumo: Introdução: O Active Straight Leg Raise (ASLR) tem sido sugerido como um indicador clínico da estabilidade lombopélvica. Estratégias passivas e ativas podem contribuir para aumentar esta estabilidade, assim como programas de exercício baseados nas mesmas estratégias ativas. Objetivos: Comparar os efeitos imediatos da compressão pélvica manual (CP), do drawing-in (DI) e do bracing abdominal (BA) durante o ASLR em indivíduos com e sem dor lombopélvica crónica e inespecífica, e avaliar o efeito prolongado das manobras de estabilização ativas através dos programas de exercícios de controlo motor, Pilates e McGill. Métodos: Estudo transversal, com uma amostra de 111 voluntários, 52 sem dor lombopélvica (NLPPG) e 59 com dor lombopélvica (LPPG), e estudo experimental, formado pelo LPPG dividido em 19 no grupo controlo (GC), 20 no grupo pilates (GP) e 20 no grupo mcgill (GMg). Foi avaliado o ASLR padrão, o ASLR com CP, o ASLR com DI e ASLR com BA. Os participantes foram avaliados antes e após as 8 semanas de implementação dos programas exercícios de McGill e Richardson, apenas aos respetivos grupos. Resultados: O LPPG apresentou significativamente maior score no ASLR comparativamente ao NLPPG (z=-9,361; p<0,001). Apesar do BA ter apresentado scores inferiores às restantes estratégias (p<0,001), todas elas foram capazes de diminuir o score do ASLR (p<0,001). Após a aplicação dos programas de exercícios, verificou-se que o GP (p<0,001) e o GMg (p<0,001) apresentaram scores significativamente menores no ASLR, relativamente ao GC. No GP e no GMg verificou-se uma diminuição do score do ASLR (Z=-4,028; p<0,001; Z=-4,179; p<0,001, respetivamente). Além disso, GMg apresentou uma tendência para apresentar menores scores do ASLR comparativamente ao GP. Conclusão: Qualquer uma destas manobras de estabilização quando adicionada ao ASLR pode aumentar a estabilidade lombopélvica, especialmente o BA. Os exercícios de Pilates e de McGill permitiram melhorar os scores do ASLR.
Background: Background: The Active Straight Leg Raise (ASLR) has been suggested a clinic indicator of the lumbopelvic stability. Passive and active strategies, as well as exercise programs based on active strategies, can 4 contribute to increase stability. Aims: To compare the immediate effects of manual pelvic compression (PC), drawing-in (DI) and abdominal bracing (AB) during ASLR in individuals with and without non-specific chronic lumbopelvic pain and the effect of active stabilization maneuvers performed through motor control exercises, Pilates and McGill. Methods: Transversal study, with a sample of 111 volunteers, 52 without lumbopelvic pain (NLPPG) and 59 with lumbopelvic pain (LPPG). The experimental study recruited the individuals of the LPPG, which were divided by three groups: 19 to the control group (CG), 20 to the Pilates group (PG) and 20 to the McGill group (MgG). Standard ASLR, ASLR with PC, ASLR with DI and ASLR with AB were evaluated. The participants were evaluated before and after the 8 weeks of the exercise programs, one proposed by McGill and the other by Richardson, accordingly to the group. Results: The LPPG showed significant lower ASLR score in comparison to the NLPPG (z=-9,361; p<0,001). Every strategy tested reduced ASLR score (p<0,001), although AB presented inferior scores when compared in the other strategies (p<0,001). After the completion of the exercise programs, the PG (p<0,001) and MgG (p<0,001) presented significantly inferior scores when compared to the CG. Both PG and MgG showed a decrease of ASLR score (Z=-4,028; p<0,001; Z=-4,179; p<0,001, respectively). Moreover, MgG showed a tendency to have lower ASLR scores then the PG. Conclusion: The stabilization strategies studied, when added to the ASLR, can increase lumbopelvic stability, especially AB. The Pilates and McGill exercise allowed to increase ASLR scores
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/4726
Aparece nas colecções:ESTSP - DM - Fisioterapia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AnaMonteiro_2014.pdf623,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.