Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/4637
Título: Sustentabilidade na reablitação urbana
Autor: Silva, Andreia Alexandre
Orientador: Sousa, José Manuel
Palavras-chave: Reabilitação urbana
Sociedades de reabilitação urbana
Regime jurídico de reabilitação urbana
Arrendamento urbano
Desenvolvimento sustentável
Construção sustentável
Ciclo de vida dos materiais
Avaliação do ciclo de vida
Declarações ambientais do produto
Tecnologias solares passivas
Urban rehabilitation
Societies of urban rehabilitation
Legal regime of urban rehabilitation
Urban rent
Sustainable development
Sustainable construction
Life cycle of materials
Life cycle assessment
Environmental product declaration
Passive solar technology
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Resumo: A indústria da construção é um setor com grande impacto na economia, no Produto Interno Bruto (PIB) e ainda em postos de trabalho diretos e indiretos. No entanto, é um dos setores com maior impacte ambiental. Com a crise económica e financeira que o país atravessa, este setor foi um dos mais afetados, contribuindo para o aumento do desemprego visto tratar-se do setor com maior taxa de empregabilidade. Concomitantemente, ocorre saturação do mercado com a construção nova e desertificação dos centros urbanos com a degradação das habitações. Assim, como impulsionador da economia, surge a aposta na reabilitação do parque edificado que, com a legislação em vigor e com os incentivos dados pela tutela tem tudo para impulsionar o setor. Sabendo que a indústria da construção é um dos setores com maiores impactes ambientais, faz todo o sentido reabilitar-se de uma forma mais sustentável. Aplicando os princípios da sustentabilidade a todo o ciclo de vida do edifício, conseguimos reduzir os recursos na fase de construção (resíduos de construção) e na fase de exploração (consumo de energia e de água). Podemos ainda reduzir os custos de energia para climatização ao termos em conta a orientação do edifício e a envolvente, os recursos naturais e aplicando tecnologias solares passivas. Assim, ao aplicarmos os princípios da construção sustentável na reabilitação urbana podemos diminuir os impactes ambientais, a produção de CO2, as emissões de gases com efeito de estufa, os resíduos de construção e a área impermeabilizada.
The construction industry is a sector with great impact in the economy, in the GDP (gross domestic product) and in direct and indirect jobs. However, it is one of the sectors with the most environmental degradation. Due to the economical and financial crisis our country is going through, this sector was one of the most affected, contributing to increase the unemployment as it is the sector with the highest employment rate. Likewise, the new construction leads to market saturation while the degradation of housing leads to desertification of the urban centres. Thus, as an economy booster, the rehabilitation of the building stock arises along with the current legislation and encouraged by the state, having everything to promote this sector. Because the construction industry is one of the sectors with the most environmental degradation, it makes sense to rehabilitate in a more sustainable way. Applying the principles of sustainability to the whole life cycle of a building, it is possible to reduce the resources: the construction residues during construction and the use of energy and water during exploration. Having in mind the adaptability of the building with its surroundings, using natural resources and passive technology, one can reduce the energy that is used for climatization. Thus, one can decrease the environmental degradation, the production of CO2, the greenhouse emissions, the construction residues and the impermeabilized area by applying the principles of sustainable construction in urban rehabilitation.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/4637
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Civil

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_AndreiaSilva_2013_MEC.pdf4,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.