Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/4626
Título: Eficiência energética em edifícios residenciais da cidade do Porto
Autor: Guedes, Bruno Miguel da Silva Moutinho
Orientador: Martins, Florinda
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto.
Resumo: O consumo de energia a nível mundial tem atingido valores históricos, devido ao crescimento da população mundial e ao aumento do consumo per capita. Nesta medida é extremamente importante existirem alternativas para que a redução do consumo de energia de todos os países seja uma realidade, evitando também as consequências ambientais, em particular as alterações climáticas, resultantes da utilização intensiva de combustíveis fósseis. Portugal, tal como outros países da União Europeia, tem que cumprir metas, pelo que é urgente encontrarem-se soluções de forma a diminuir o consumo de energia sem interferir com o nosso dia-a-dia. A cidade do Porto, tal como qualquer cidade, precisa de imensa energia desde os transportes até à indústria, passando pelos edifícios. Os edifícios, residenciais e de serviços, são responsáveis por mais de 50% de energia primária consumida no concelho do Porto, sendo que aos edifícios residenciais corresponde um consumo de 1.473 GWh/ano de energia primária, o que é um valor elevado. Numa primeira parte deste trabalho foi efetuado um levantamento de informação caracterizando a cidade do Porto relativamente ao seu edificado e consumos energéticos. Numa segunda parte propuseram-se medidas para reduzir o consumo para cada tipo de utilização de energia, nomeadamente preparação de refeições, AQS (água quente sanitária), aquecimento ambiente, frio (frigorífico, arcas, etc.), outros e iluminação. Para cada um destes tipos de utilização estudou-se, sempre que possível, a evolução do longo do tempo (2004 a 2012) e possíveis cenários de evolução para o futuro. Para além disso, também se estudou a evolução do mix de produção de energia elétrica de 2004 até 2012 e previsões da evolução do mix para o futuro. Nesta análise foi tido em conta o aspeto ambiental contabilizando-se, sempre que possível, as emissões de poluentes resultantes do consumo de energia. Por fim, efetuou-se uma avaliação técnica, ambiental e económica das medidas propostas. Pode dizer-se que a maioria das medidas propostas a serem implementadas conduziria a uma redução do consumo de energia e consequentemente a uma diminuição das emissões de poluentes, em particular dos gases com efeito de estufa (CO2). Em termos técnicos a maioria das medidas pode ser aplicada embora algumas delas envolvam custos de investimento significativos. Dada a conjuntura atual, seria importante obter o financiamento necessário para a implementação das medidas propostas e a divulgação de medidas já existentes, tais como os programas para AQS e janelas eficientes.
Energy consumption worldwide has reached historical values due to world population growth and increasing consumption per capita. For this reason it is extremely important the existence of options so that the reduction of energy consumption in all countries becomes a reality, while also avoiding the environmental consequences, particularly climate change, resulting from intensive use of fossil fuels. Portugal, like other EU countries, has to meet targets, so it is urgent to find solutions in order to reduce energy consumption without interfering with our day-to-day life. The city of Oporto, like any another city, needs a lot of energy from transport to industry, through the buildings. The buildings, residential and services, are responsible for over 50% of primary energy consumption in the municipality of Oporto. The consumption of primary energy associated with residential buildings is meaningful so it is important to propose measures to reduce consumption and increase energy efficiency. In the first part of this work was carried out a research of information characterizing the city of Porto in relation to its buildings, including housing types and energy consumption. In the second part were proposed measures to reduce consumption for each type of energy use, including meal preparation, domestic hot water (DHW), space heating, cold (refrigerator, cabinets, etc..), other and lighting. For each type of use was studied, where possible, the evolution over time (2004-2012) and possible evolution scenarios for the future. Additionally, was also studied the evolution of the mix of electricity production from 2004 to 2012 and forecasts for the evolution of the electricity energy mix for the future. This analysis has taken into account the environmental aspect determining whenever possible, pollutant emissions resulting from energy consumption. Finally, a technical, environmental and economic evaluation of the proposed measures was performed. It can be said that most of the proposed measures if implemented would lead to a reduction of energy consumption and consequently to a reduction of pollutant emissions, in particular greenhouse gas emissions (CO2 In technical terms the majority of measures can be applied even though some of them involve significant investment costs. Given the current situation, it would be important to obtain the necessary funding for the implementation of the proposed measures and dissemination of existing measures, such as programs for DHW and efficient windows.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/4626
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Electrotécnica – Sistemas Eléctricos de Energia

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_BrunoGuedes_2013_MEESEE.pdf2 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.