Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/4623
Título: Incorporating sustainability into a chemical company’s modus operandi
Outros títulos: Incorporação da sustentabilidade no modus operandi duma empresa química
Autor: Vigario, Belmiro
Orientador: Martins, Florinda
Wallin, Anne
Palavras-chave: Sustainability
UN global compact assessment tool
Responsible care
Chemical industry sustainability
APEQ
ISO
Sustentabilidade
Actuação responsável
Sustentabilidade na industria química
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto.
Resumo: The intent of this dissertation is to review relevant existing management systems and chemical industry initiatives to identify synergies, overlaps and gaps with Sustainability best practices, to map the barriers to the incorporation of Sustainability and formulate recommendations to facilitate execution of Sustainability practices within existing management systems. A chemical industry Sustainability survey was conducted through APEQ, the Portuguese association of chemical companies, which constitutes the first baseline on the topic for this national industry association. The commonly used international standards and the Responsible Care® (RC) initiative were cross-referenced against the United Nations Global Compact Assessment Tool. Guidance on how to incorporate Sustainability into a company‘s modus operandi was collapsed into Sustainability Playbooks. The survey revealed that 73% of the APEQ member companies that participated in the survey have a Sustainability Plan. Both large and small/medium APEQ member companies see the market not willing to pay extra for ‗greener‘ products as one of the main barriers. APEQ large enterprise see complexity of implementation and low return on investment as the other most significant barriers while small/medium enterprise respond that the difficulty to predict customer sustainability needs is the other most significant barrier. Amongst many other insights from this survey reported to APEQ, Life Cycle Assessment practices were found to have a low level of implementation and were also considered of low importance, thus identifying a very important opportunity in Sustainability practices to be addressed by APEQ. Two hundred and seventy three assessment points from United Nations Global Compact Assessment Tool plus five additional items were cross-referenced with international standard requirements. With the authorization of the intellectual property owners, the United Nations Global Compact Assessment Tool was modified to introduce actionable recommendations for each gap identified by management standard. This tool was automated to output specific recommendations for 63 possible combinations after simply selecting from a list of commonly used management standards and the RC initiative. Finally this modified tool was introduced into Playbooks for Incorporation of Sustainability at two levels: a ―Get Started Playbook‖ for beginners or small/medium size enterprise and an ―Advanced Playbook‖ as a second advancement stage or for large enterprise.
Esta dissertação tem como objectivo rever os sistemas de gestão relevantes existentes e iniciativas da indústria química de forma a identificar sinergias, sobreposições e lacunas em relação às melhores práticas de Sustentabilidade, mapear as barreiras à incorporação da Sustentabilidade e formular recomendações que facilitem a execução de práticas de Sustentabilidade dentro dos sistemas de gestão existentes. Foi realizado um estudo sobre Sustentabilidade baseado num inquérito efectuado à indústria química através da Associação Portuguesa das Empresas Químicas (APEQ), o qual constituiu a primeira linha de base nesta matéria para esta associação nacional. As normas internacionais mais utilizadas e a iniciativa Actuação Responsável ® (Responsible Care ®) foram cruzadas com a ferramenta de avaliação das Nações Unidas ―UN Global Compact Assessment Tool‖. Foram criados Esquemas Estratégicos para orientar a incorporação da Sustentabilidade no modus operandi duma empresa. O inquérito revelou que 73% das empresas associadas da APEQ que participaram no inquérito têm um plano de Sustentabilidade. O mercado não aceitar pagar o acréscimo de custo por produtos mais ‗verdes‘ foi considerado como uma das principais barreiras tanto pelas grandes como pelas pequenas e médias empresas associadas da APEQ. As grandes empresas associadas da APEQ vêm a complexidade da implementação e o baixo retorno do investimento como as outras principais barreiras enquanto as pequenas e médias empresas responderam que a outra barreira mais importante é a dificuldade de previsão das necessidades dos clientes. De entre muitas outras informações de interesse deste estudo para a APEQ, destaca-se o facto da prática da Análise Ciclo de Vida estar pouco implementada e ser considerada pouco importante, constituindo assim uma oportunidade relevante em termos de práticas de sustentabilidade a ser abordada pela APEQ. Duzentas e setenta e três questões da ferramenta de avaliação das Nações Unidas ―UN Global Compact Assessment Tool‖ mais cinco itens adicionais foram cruzados com os requisitos dos padrões internacionais. Com autorização dos proprietários dos direitos de autor, a ferramenta ―UN Global Compact Assessment Tool‖ foi modificada de forma a introduzir recomendações por norma para cada lacuna identificada. Esta ferramenta foi automatizada de forma a debitar recomendações específicas para 63 possíveis combinações após a simples selecção dos sistemas de gestão ou da iniciativa Actuação Responsável. Por fim, esta ferramenta modificada foi introduzida em ―Esquemas Estratégicos para a Incorporação de Sustentabilidade‖ a dois níveis: um ―Esquema Estratégico de Iniciação‖ para empresas numa fase inicial de incorporação da sustentabilidade ou para pequenas e médias empresas e um ―Esquema Estratégico Avançado‖ para empresas que desejem atingir um nível avançado ou para grandes empresas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/4623
Aparece nas colecções:ISEP - DM – Engenharia Química

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_BelmiroVigario_2013_MEQ.pdf6,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.