Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/4403
Título: Um retrato do Empreendedorismo em Malanje-Angola: análise de negócios criados entre 2008-2012
Autor: Baby, Ambeke Ilonga
Orientador: Machado, Celsa Maria de Carvalho
Alves, Maria Luísa Verdelho
Palavras-chave: Pequenas e médias empresas
Angola
Empreendedorismo
Malanje
Entrepreneuship
Small and medium enterprises
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Resumo: Angola é um país ainda com elevado índice de pobreza mas que nos últimos tempos tem registado uma das maiores taxas de crescimento económico, ainda que também se tenha ressentido da recente crise internacional. Esse crescimento não tem beneficiado igualmente as suas diferentes regiões permanecendo ainda grandes assimetrias e desigualdades regionais. Muitos acreditam que o empreendedorismo, e o seu fomento através de políticas públicas apropriadas, é um caminho para um crescimento económico mais harmonioso em que as diferenças regionais se esbatam. A investigação sobre como esse empreendedorismo se tem concretizado globalmente mas também ao nível das diferentes regiões e o seu impacto sobre o crescimento económico é muito relevante. O objectivo desta dissertação é contribuir para o aprofundamento do conhecimento do perfil do sector empresarial angolano, com um estudo sobre o empreendedorismo focado nas micro, pequenas e médias empresas criadas e registadas no período 2008-2012, no município de Malanje. Para tal, foi elaborado um questionário que foi administrado pessoalmente a empresas registadas no INAPEM de Malanje e que iniciaram a sua actividade nesse período. Concluiu-se que este empreendedorismo foi exercido por indivíduos que em média são mais qualificados academicamente que a população residente, eram maioritariamente trabalhadores por conta de outrem e decidiram criar um negócio motivados sobretudo pelo desejo de ascensão económico-social e também, mas em menor grau, pela impossibilidade de sobreviver com o salário que auferiam. É um empreendedorismo que reproduz a especialização produtiva da região, com muito fraca internacionalização e pouco orientado para a inovação. O empreendedorismo feminino e masculino não mostrou diferenças substanciais mas a maior qualificação e a melhor situação profissional anterior mostraram estar positivamente relacionados com a dimensão do investimento realizado e do volume de negócios gerado.
Angola is still a country with a high poverty rate but in recent times has experienced one of the highest rates of economic growth, although it has also resented the recent international crisis. This growth has not really benefited its different regions. It is still remaining large regional disparities and inequalities. Many believe that entrepreneurship and its promotion through appropriate public policies, is a path to a more harmonious economic growth that regional differences need. Research on entrepreneurship has achieved this globally but also in terms of the different regions and their impact on economic growth is very important. The purpose of this dissertation is to contribute to a deeper understanding of the Angolan business sector profile, with a study on entrepreneurship focused on micro, small and medium enterprises created and recorded in the period 2008-2012, in the city of Malanje. To this end, a questionnaire was administered personally to companies registered in INAPEM Malanje and started business in this period was produced. It was concluded that this entrepreneurship was exercised by individuals who on average are more academically qualified than the resident population, workers were mostly for others and decided to create a business motivated primarily by the desire for economic and social advancement and also, but to a lesser degree for the inability to survive on the salary. It is an entrepreneurship reproducing the productive specialization of the region, with very low bit oriented internationalization and innovation. The female and male entrepreneurship did not show substantial differences but for the most qualified and the best previous employment status where found to be positively related to the size of the investment and the volume of business generated.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Empreendedorismo e Internacionalização apresentada ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Empreendedorismo e Internacionalização, sob orientação de Professora Doutora Celsa Maria Carvalho Machado e Mestre Maria Luísa Verdelho Alves
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/4403
Aparece nas colecções:ISCAP - DM- Empreendedorismo e Internacionalização

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_Ambeke Baby_2014.pdf1,44 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.