Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/3998
Título: O portefólio em faixas etárias precoces: potencialidades e constrangimentos
Autor: Vieira, Carla Patrícia Sousa
Orientador: Dias, Américo José Bessa
Palavras-chave: Portefólio
Assessment
Autonomia
Metodologia
Portfolio
Autonomy
Methodology
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Educação
Resumo: A implementação do portefólio no ensino da língua estrangeira, na Região Autónoma da Madeira, tem contornos específicos que julgamos pertinente analisar e refletir, tendo em conta as suas potencialidades e constrangimentos, em faixas etárias precoces. É manifestamente positiva a relação entre a metodologia do portefólio e um processo ensino/aprendizagem virado para a promoção da autonomia e autorreflexão. No entanto, a aplicação de inquéritos por questionário evidenciou muitas incertezas, da parte dos docentes da Região, relativamente ao trabalho avaliativo com o portefólio. Assim, o presente estudo pretende ser um contributo no sentido de clarificar essas incertezas. Nesta perspetiva, os objetivos do estudo, que se revelou próximo da investigação-para-a-ação, foram: (1) identificar as potencialidades formativas do portefólio; (2) determinar as dificuldades sentidas na utilização do portefólio; (3) reforçar a capacidade de intervenção docente no âmbito do uso do portefólio e (4) desenvolver propostas de procedimentos e documentos adaptados à realidade da Região. Concluiu-se, desta maneira, que a utilização do portefólio fortalece o processo formativo no ensino da língua estrangeira apesar de ser, comprovadamente, uma metodologia exigente para o professor, pois requer uma monitorização e análise constante de todo o processo. Comprova-se, de igual modo, que este método traz muitos benefícios para os intervenientes, tornando os alunos mais autónomos e reflexivos e os docentes mais interventivos, assertivos e conhecedores das capacidades e desenvolvimento de competências linguísticas e interculturais dos seus discentes.
The use of the portfolio in language teaching, in Madeira, has specific outlines that are relevant to analyse and reflect on, considering its potentialities and constrains, in early childhood language learning. The relationship between the portfolio methodology and, a more autonomous and self-reflecting, learning process is clearly positive. However, the survey used to assist this study has shown that Madeira language teachers still have quite a few doubts about portfolio assessment. Consequently, this study expects to give a valid contribution towards the dissolution of those doubts. The aims of this, research for action, study were: (1) to identify the portfolio educational possibilities, (2) to determine the difficulties experienced in the use of the portfolio, (3) to strengthen the teachers’ intervention when using the portfolio and (4) to develop procedures and document portfolio proposals adapted to Madeira’s reality. In conclusion, the use of the portfolio strengthens the educational purpose of language teaching, despite being a demanding methodology for teachers, thus requires constant monitoring and process analyses. One of the consequences of this study was the idea that this method is very beneficial to all stakeholders, since it creates more autonomous and reflective students and also more interventional and assertive teachers that become more knowledgeable of their students’ competences in intercultural and language awareness.
Descrição: Mestrado em Ensino Precoce do Inglês
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/3998
Aparece nas colecções:ESE - DPRM - Ensino Precoce de Inglês

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_CarlaVieira_2013.pdf6,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.