Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/3157
Título: Modelos cognitivos da tonalidade
Autor: Martingo, Ângelo
Data: 2004
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Educação do Porto.
Relatório da Série N.º: Revista Música, Psicologia e Educação;N.º 6
Resumo: São apresentados os modelos cognitivos da tonalidade desenvolvidos por Shepard (1964; 1982a), Longuet- Higgins (1987), Lerdahl (1988; 2001), e Krumhansl (1983; 1990), com particular incidência no modelo de Lerdahl. Um breve exame comparativo evidencia as potencialidades deste último como instrumento de investigação no âmbito dos estudos de performance bem como na área da percepção. Palavras-chave: Percepção; Tonalidade; Lerdahl; Longuet-Higgins; Krumhansl; Shepard.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/3157
Aparece nas colecções:ESE - CIPEM - Revista Música, Psicologia e Educação - 2004 (Nº 6)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ART_AngeloMartingo_2004.pdf40,88 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.