Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/3142
Título: O aparecimento da vanguarda em Portugal – para um estudo da música portuguesa entre 1958 e 1965
Autor: Monteiro, Francisco José
Data: 2003
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Educação do Porto.
Relatório da Série N.º: Revista Música, Psicologia e Educação;N.º 5
Resumo: Este trabalho, realizado no âmbito de uma tese de Doutoramento sobre música Portuguesa contemporânea, pretende dar a conhecer a forma como a vanguarda foi recebida e compreendida em Portugal. Baseando-se essencialmente no estudo de programas de concertos, recensões e críticas de periódicos, estudos socio- culturais posteriores e entrevistas com participantes, pretende ser um contributo para o estudo da maneira como um determinado movimento musical de cariz peculiar influenciou ou mesmo transformou a vida cultural Portuguesa. A data início deste trabalho – 1958 - reflecte: (a)o início de um movimento para o estrangeiro de uma geração de compositores Portugueses; (b) o início das actividades musicais da Fundação Calouste Gulbenkian; (c) as transformações políticas e económicas que colocariam Portugal perante a Democracia e o desenvolvimento Europeu. O ano de 1965 veio a revelar-se uma data importante pelo número e pela qualidade de apresentações de música contemporânea, a meu ver comparável ao que actualmente se faz.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/3142
Aparece nas colecções:ESE - CIPEM - Revista Música, Psicologia e Educação - 2003 (Nº 5)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ART_FranciscoMonteiro_2003.pdf28,83 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.