Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2839
Título: A teoria dos detalhes luminosos de Ezra Pound e a teoria das cores e da vibração de Wassily Kandinsky: novas possibilidade exegéticas e tradutivas
Autor: Veloso, Manuela
Palavras-chave: Detalhes luminosos
Contacto eficaz
Tradução literária
Produção
Recepção
Percepção
Primeira e segunda vibração
Fisrt and second vibration
Efficient contact
Literary translation
Production
Reception
Perception
Luminous details
Data: 2011
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Resumo: O objectivo deste artigo é aplicar aos Estudos de Tradução Literária o binómio literatura-imagem com origem no Expressionismo alemão e no Vorticismo inglês, optando por um suporte teórico tão seminal quanto a ficcionalidade a que se destinava a expectativa programática dessas vanguardas, nas décadas dez e vinte do passado século. Da poética visual de Wassily Kandinsky, formulada em Über das Geistige in der Kunst - insbesondere in der Malerei [Do Espiritual na Arte](Kandinsky, 1912/1952), falarei da noção de Vibração. Da poética textual de Ezra Pound, exposta em ―I Gather the Limbs of Osiris‖ (1911/12), remeterei para a Teoria dos Detalhes Luminosos. São duas poéticas que, partindo de meios de expressão distintos – a imagem e a palavra, apresentam consideráveis pontos de contacto, no que diz respeito à abordagem produtiva e receptiva do objecto artístico. Ambas suspendem a procura convencional de um sentido na arte e na literatura, reunindo novas possibilidades exegéticas e, por conseguinte, tradutivas: a articulação entre a palavra poética e a imagem, com um amplo leque de possibilidades relativo a modos de estrutura perceptual, que se viriam a revelar proféticos, muito especialmente no que diz respeito à Tradução Artística, seja literária ou intersemiótica.
The purpose of this article is to articulate Translation Studies with the interface of visual and textual languages in two of the first avant-garde movements of European Modernism: German Expressionism and English Vorticism – during the first and the second decade of the twentieth century. Moreover, it aims at critically displaying the theoretical conceptualizations by which they have been induced. Such a study will bring into focus, namely, the concept of Vibration in Kandinsky‘s visual poetics – presented in Über das Geistige in der Kunst - insbesondere in der Malerei [Concerning the Spiritual in Art](Kandinsky, 1912/1952) –, as well as the Theory of Luminous Details presented by Ezra Pound‘s textual poetics during his Vorticist phase, displayed in ―I Gather the Limbs of Osiris‖ (1911/12). Departing from two different means of expression – image and word, these two poetics consistently reveal points of contact, concerning a production and reception approach of the work of art. Both suspend the conventional search for meaning in art and literature, thus gathering new exegesis and translation possibilities: the articulation between poetic word and image, with a wide range of prophetic paths of perceptual structure, particularly in what concerns both Literary and Intersemiotic, i.e. Artistic Translation.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2839
ISSN: 1645-1937
Versão do Editor: http://www.iscap.ipp.pt/~www_poli/
Aparece nas colecções:ISCAP - LC - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A_ManuelaVeloso_2011.pdf7,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.