Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2795
Título: Negritude e literatura de cordel: uma épica da interculturalidade ante o supranacional
Autor: Bora, Zélia M.
Palavras-chave: Racismo
Tradição
Cordel
Literatura
Cultura
Data: 2007
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Resumo: Escrever é um dos mais poderosos instrumentos usados pela mídia para levar informações vitais. Nesse sentido, o efeito das “novas ideologias”, para valorização da identidade afro-brasileira, incidem diretamente sobre a produção literária como uma mensagem rigorosamente direcionada a um público menos especializado como receptor. O presente artigo discute a relação entre o gênero cordel e algumas das políticas culturais aplicadas no nordeste do Brasil. Tal estratégia vem comprovar não apenas o processo ativo de negociação entre os grupos subalternizados e os discursos dos poderes hegemônicos, mas também a reatualização do gênero literário do cordel, com o aparecimento de novos narradores e temáticas. Como se observa estes narradores estão plenamente conscientes dos seus papéis políticos ante a comunidade de que, fazem parte. Circulando em um espaço geográfico urbano, a produção não depende da condição econômica de seus leitores para sua aquisição, uma vez que sua distribuição centraliza-se na informação gratuita. Ao contrário da literatura “tradicional”, o real e o verossímil possuem objetivos definidos como informar e ensinar o destinatário sobre a nova lei em vigor. Nesse caso, a literatura cumpre de imediato um de seus papéis clássicos, o de ser útil, revestindo-se de funções igualmente nobres, provocando a “catarse social” de indivíduos pela aquisição de um saber inerente `a sua condição de cidadão.
The most important instrument used by media to carry vital information is expressed by writing. In this sense, the effect of the new ideologies upon African- Brazilian identity influence the literary discourses and later it is directed to a receptive and less specialized public. The present article discusses the relationship between the Literature of Cordel and some of the political strategies elaborated by the subaltern people, their negotiation with the hegemonic power and the revitalization of the genre Cordel, its new themes and characters. One can observe that these new narrators are fully conscious of their political roles in front of their community. Circulating in a geographical urban space this literary production is free, its production does not depend on the economical condition of its readers to buy it. Contrary to the traditional literature the real and the verisimilar possesses defined objects, such as to inform, to inform and to teach the common people about the Law. In this case the Literature of Cordel fulfills classical objectives by aligning noble functions and therefore provoking “social catharsis” in the individuals by helping them to become citizens
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2795
ISSN: 1645-1937
Versão do Editor: http://www.iscap.ipp.pt/~www_poli/
Aparece nas colecções:ISCAP - LC - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A_Polissema_2007.pdf1,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.