Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.22/2775
Título: Para uma leitura não biográfica da obra de Mário de Sá Carneiro (e uma apreciação de o modernismo em Mário de Sá-Carneiro de Fernando Cabral Martins)
Autor: Soares, Anthony
Palavras-chave: História da literatura
Biografia
Fernando Cabral Martins
Modernismo
Crítica literária
Biography
Modernism
Literary criticism
Literary history
Data: 2007
Editora: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Resumo: Este artigo pretende sublinhar a importância de entender a obra de Mário de Sá- Carneiro através de uma leitura atenta da sua produção literária que não procura provas da “veracidade” dessa leitura na biografia do poeta do Orpheu. Partindo de uma análise do trabalho crítico de Fernando Cabral Martins, levanta-se a problemática de deturpar uma análise de crítica literária com abordagens influenciadas por normas de história da literatura que inserem a obra no seu contexto histórico, o que tem sido o caso na recepção da obra de Sá-Carneiro, onde o mito do autor tende a ofuscar o seu legado literário. Assim, este artigo questiona se em O Modernismo em Mário de Sá-Carneiro, Fernando Cabral Martins consegue libertar a obra sá-carneiriana da sombra do poeta biográfico, e oferece uma avaliação panorâmica da tradição crítica dedicada ao autor, apontando para casos de interpretações que se prenderam com questões que ficam para fora do texto, como tem sido o caso com a natureza homossexual da obra e do homem.
This article intends to analyse the importance of understanding the work of Mário de Sá-Carneiro through a close reading of his literary production that does not seek proof of the “veracity” of that reading in the biography of the Orpheu poet. Based on an analysis of the critical work of Fernando Cabral Martins, the article raises the problematic question of corrupting literary criticism with approaches influencedby literary historical conventions that insert the work in its historical context, which has been the case in the reception of Mário de Sá-Carneiro’s work, where the myth of the author has tended to obfuscate his literary legacy. Therefore, this article questions whether in O Modernismo em Mário de Sá-Carneiro, Fernando Cabral Martins manages to liberate Sá-Carneiro’s work from the shadow of the biographical poet, and it offers a panoramic assessment of the critical tradition dedicated to the author, identifying cases of interpretations that are caught up in questions that lie outside the text, as has been the case of the homosexual nature of the work and the man.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.22/2775
ISSN: 1645-1937
Versão do Editor: http://www.iscap.ipp.pt/~www_poli/
Aparece nas colecções:ISCAP - LC - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A_Polissema_2007.pdf1,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.